Bispo Renato destina R$ 8,7 milhões para pagamento de horas extras de servidores da Saúde do DF

246
Print Friendly, PDF & Email

Recurso será utilizado para pagamento das HEs de julho

Por Kleber Karpov

A Câmara Legislativa do DF (CLDF) aprovou, na terça-feira (5/Nov), o Projeto de Lei (PL) 1.818/2017, de autoria do deputado distrital, bispo Renato Andrade (PR), a destinação de R$ 8,7 milhões para a Saúde do DF. O recurso deverá ser utilizado pela Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) para custeio do pagamento das Horas Extras (HEs), relativas ao mês de julho. Na rede social, o distrital, comemorou a aprovação do PL.

Publicidade

“Foi aprovado! Nós conquistamos, neste momento, a aprovação em plenário da emenda de R$8,7 milhões para o pagamento das horas extras dos servidores da saúde! Como eu sempre digo: em meu mandato, saúde pública é prioridade. Vamos nos mobilizar, a partir de agora, para o governador executar esta emenda e pagar os valores atrasados. Vamos em frente! O trabalho não pode parar.”.

Cético, o vice-presidente do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (SINDATE-DF), Jorge Vianna, também comemorou, porém, com ressalvas. “Vamos torcer para que eles peguem esse dinheiro e pague as Horas Extras e não façam outras coisas com ele [dinheiro].”, disse Vianna.

Tô de olho!

Em se tratando de saúde pública, Renato Andrade também está de olho no andamento das obras do Laboratório de Nutrição Enteral e Lactário do Hospital de Base do DF (HBDF).

Na terça-feira (5/Dez), distrital esteve na unidade para acompanhar a evolução das obras, juntamente com o Secretario-adjunto de Gestão em Saúde: Ismael Alexandrino Junior, que também dirige o HBDF.

“Nós destinamos emendas parlamentares para esta reforma e graças ao esforço conjunto, as obras estão a pleno vapor! 💪A previsão é que muito em breve o laboratório esteja pronto para os pacientes.”.

Artigo anteriorComissão Geral na CLDF discute, na quinta (7), Atenção Primária da Saúde
Próximo artigoHomem preso indevidamente no lugar do irmão pode continuar detido nos próximos dias