Parcelamento de multas do Detran: Juarezão quer se tornar o pai da criança de Celina Leão?

131


Print Friendly, PDF & Email

Após Celina Leão comemorar reestabeleciento de parcelamentos, proveniente de Lei da parlamentar, Juarezão pediu que agilidade do Detran-DF

Por Kleber Karpov

Nessa semana a deputada distrital, Celina Leão (PPS) comemorou o retorno do parcelamento das multas de motoristas e proprietários de veículos automotores junto ao Departamento de Trânsito do DF (DETRAN-DF). Sem efeito desde novembro de 2016, com o retorno, supostamente, até o deputado Juarezão (PSB), tentou tirar uma ‘casquinha’.

O parcelamento das multas se tornou possível após a sanção da Lei 5.551/2015, de autoria de Celina Leão. Isso entre abril e novembro de 2016.  Porém, após a edição da Resolução 619/2016 (6/Set/16), pelo Conselho Nacional do Trânsito (CONTRAN), órgão ligado ao Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) levou à revogação da lei por meio de decreto, pelo governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB).

A Leoa, por sua vez, recorreu ao CONTRAN e, no dia 10 de outubro, editou a Resolução 697/2017. As regras foram reformuladas, de modo que, no DF, o parcelamento das multas e a possibilidade de pagamento com cartão de crédito seja restabelecido. Benefício esse, agora aplicado em todo país.

Publicidade

Uai Juarezão?

Porém, mesmo após Celina Leão comemorar o reestabelecimento do parcelamento das multas, Juarezão entrou em cena ao publicar na rede social, Facebook, que oficiou e esteve em reunião no DETRAN-DF para solcitar “a maior brevidade possível”, por parte do órgão para aplicar a resolução do CONTRAN.

Política Distrital (PD) questionou ao parlamentar essa ‘ação de boa vontade’ não ficou meio desconexa, uma vez que Celina Leão é a ‘mãe da criança’. Mas, até o momento da publicação da matéria Juarezão não se manifestou sobre o assunto.

Celina agradece

Política Distrital (PD) conversou com Celina Leão que explicou toda história da aprovação da Lei, sanção por Rollemberg e posterior anulação por meio de decreto e o desenrolar em decorrência das portarias do CONTRAN. A distrital aproveitou para agradecer a ajuda do colega.

“Fico feliz que o deputado Juarezão tenha ido ao Detran para pedir agilidade para restabelecer os parcelamentos que a população do DF conquistou, com a lei de minha autoria em 2016 que, Infelizmente, o senhor governador Rodrigo Rollemberg suspendeu, por decreto, voltando a penalizar a população do DF. Sobretudo as pessoas com menos recursos que, diariamente se tornam vítimas da indústria de multa que virou o DF nos últimos três anos.”, disparou.

[poll id=”5″]