Investimentos do GDF para manutenção de equipamentos hospitalares tem pior desempenho desde 2012

Os dados apresentados pelo deputado Chico Leite comprovam constante queda nos recursos destinados pelo governo para manutenção de máquina e equipamentos utilizados nas unidades de saúde pública da cidade

Para os moradores do Distrito Federal já não é mais novidade buscar atendimento em um posto de saúde ou em hospitais da rede pública e sair sem atendimento por falta de equipamentos ou máquinas que estejam fora de funcionamento por apresentarem defeitos. Infelizmente, de acordo com levantamento do deputado Chico Leite (Rede) este cenário está longe de ser diferente.

O estudo apresentado pelo parlamentar confirma queda nos recursos disponibilizados pelo governo para a manutenção de máquinas e equipamentos utilizados no setor da saúde. Para este ano, o GDF disponibilizou, até o momento, R$ 57,7 milhões, desse total R$ 39,5 milhões se encontram empenhados, mas apenas R$ 8,3 milhões foram realmente gastos até o período. Ou seja, apenas 14.46% do orçamento autorizado.

Publicidade

Além disso, o levantamento aponta queda constante nos recursos autorizados para o setor desde o ano de 2012 quando o orçamento autorizado ultrapassou os R$ 76,4 milhões, desse montante, mais de R$ 37 milhões foram liquidados no período.

“Infelizmente falta tudo nos hospitais do DF, nossa saúde carece de atenção, o cidadão não aguenta mais esperar vários dias para ser atendido e quando finalmente chega o dia é desmarcado por falta de equipamentos em bom funcionamento. É necessário mudar essa realidade”, afirmou Chico Leite.

Orçamento Participativo
O mandato de Chico Leite está sempre presente na luta por melhorias para a saúde pública do Distrito Federal. Para o ano de 2016, o parlamentar destinou através do Orçamento Participativo praticado nas cidades, R$ 1 milhão e 190 mil em emendas parlamentares, que deverão ser aplicadas na aquisição de equipamentos oncológicos que serão distribuídos nas unidades de saúde pública da cidade.

Fonte: Ascom/Chico Leite

Artigo anteriorPrisões no GDF podem começar com a presidente do SindSaúde-DF, por mentir à CPI da Saúde
Próximo artigo“O Rodrigo tá fodido”, diz vice-governador em novos áudios. Ouça