Em Brasília pediatras são orientados a identificarem possíveis crianças desaparecidas

56


Print Friendly, PDF & Email

Com objetivo de alertar médicos pediatras sobre a importância de se observar as crianças que passam no consultório, o Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) organizou estande de orientação durante o Congresso de Atualização em Pediatria do Centro Oeste, em Brasília.

Em três dias de atividade, cerca de 700 pediatras receberam orientações de como proceder para ajudar no resgate dessas crianças desaparecidas. Conselheiros e funcionários do CRM-DF distribuíram cartazes com informações aos médicos e cartilhas explicativas para que pudessem repassar aos pacientes.

Orientações aos médicos:

Publicidade

– Observe como a criança ou adolescente se comporta com o acompanhante. Se demonstra medo, choro ou aparência assustada.
– Observe se existem marcas físicas de violência, como cortes, hematomas ou até abusos.
– Solicite a documentação do acompanhante. Conforme o CFM, a criança deve estar acompanhada dos pais, avós, irmão ou parente próximo. Caso contrário, pergunte se a pessoa tem autorização por escrito.
– Desconfie se o acompanhante apresentar informações desencontradas, contraditórias ou não souber responder pergunta básicas.
– Comunique às autoridades competentes ou casos suspeitos.

Fonte: CRM-DF