Doenças Crônicas serão discutidas em audiência Pública na CLDF, Segunda (9). OSs entram na pauta?

55
Print Friendly, PDF & Email

Líder do governo na Câmara Legislativa , deputado distrital, Júlio Cesar (P) realiza audiência pública para debater o Panorama do Direito Fundamental à Saúde no DF.

Por Kleber Karpov

O deputado distrital, Júlio César (PRB), líder do governo na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) realiza audiência pública, na noite de segunda-feira (9). O objetivo é debater o Panorama do Direito Fundamental à Saúde no DF. O evento acontece a partir das 19h no plenário da Casa.

De acordo com Júlio César, a audiência deve apresentar à população do DF temas relevantes na área da saúde, com enfoque na garantia do direito da população à saúde e à vida digna. “Iremos apresentar questões importantes para prevenção, tratamento e acompanhamento das doenças crônicas e seu impacto na saúde, assim, como as dificuldades e os desafios do tratamento na rede pública do DF”.

Júlio Cesar adiantou que serão ouvidos especialistas na área da saúde, que irão tratar do tema específico das doenças crônicas, além de outros profissionais que abordarão o tema sob o ponto de vista jurídico. “É muito importante estarmos informados como prevenir doenças, principalmente as crônicas. O intuito é esclarecer sobre como evitar, detectar a possibilidade de estar doente e como tratar”.

Organizações sociais

A divulgação da audiência trata do “panorama do direito fundamental à Saúde” e Júlio Cesar afirma que o tema central á a discussão sobre as doenças crônicas. Mas, nos bastidores circula que na prática a intenção não passa de uma estratégia do governo para tratar das OSs.

O deputado Bispo Renato Andrade (PR) foi questionado sobre o assunto após a realização do Comitê Geral para debater as OSs (5/Mai) na CLDF, em que foi taxativo:

“Eu acho que não se pode fazer nessa Casa, audiência chapa branca. O que precisa se fazer é exatamente um debate com a sociedade. Foi divulgado, eu pessoalmente convidei um por um os deputados para que estivessem aqui hoje. Então é um encaminhamento. Não será um encaminhamento meu de deputado, precisa ser um encaminhamento de uma instituição. E quem esteve aqui representados foram os servidores da Saúde, médicos, enfermeiros, enfim, os servidores da Saúde como um todo e que em momento algum eles são ouvidos. Simplesmente o governo liga o trator dele, vem atropelando todo mundo, chega aqui no pé do ouvido de alguns deputados e diz que eles tem que votar. Agora o deputado que votar essas OSs, sem ouvir a sociedade, sem ouvir  os prós e os contras, é de uma irresponsabilidade sem tamanho. Eu acredito que os deputados dessa Casa, têm demonstrado responsabilidade e não, dessa vez, não ouvem o governador Rodrigo Rollemberg, sem um amplo debate.”.

Política Distrital conversou com uma assessoria de comunicação de Júlio Cesar que voltou a afirmar que o tema principal a ser tratado na audiência Pública são as doenças crônicas, mas não descartou que as OSs possam ser abordadas no escopo das discussões.

Com informações de CLDF