Após publicação de matéria por Política Distrital, Escola Classe da 106 Norte, explica mal entendido

321
Print Friendly, PDF & Email

Mãe de aluno e escola afirmam que Pilar da Responsabilidade recebe, há anos, a cor vermelha

Por Kleber Karpov
Reprodução
Panfleto anuncia atividade lúdica da Escola Classe 106 Norte – Foto: Reprodução

No sábado (9/Abr), Política Distrital publicou matéria intitulada ‘Pais acusam direção da Escola Classe 106 Norte de promover apoio à Dilma’ que gerou repercussão e preocupação de pais de alunos. Neste domingo(10/Abr),  a direção da Escola publicou “Nota de Esclarecimento – Pilar da Responsabilidade”, na rede social, Facebook, em que explica o Pilar é parte do projeto ‘Cidadão do Mundo’,  desde 2014, e acusa o Blog de não apurar o fato, o que não procede.

“Entendemos que as crianças não devem ser condicionadas a atrelar o significado de qualquer cor unicamente a uma questão política e, por isso, não acreditamos que exista doutrinação nessa prática, uma vez que nos posicionamentos de maneira politicamente neutra em nossas atividades educativas. Salientamos ainda que o conteúdo trabalhado era completamente desassociado do conteúdo da acusação.”

Ainda em nota, a Escola explica a aplicação do Pilar da Responsabilidade por eixos estruturantes e valores significativos, por meio de pilares [esse, parte, física e estrutural do prédio que dá sustentação à edificação predial da Escola]:

Publicidade

“O fato de requisitarmos, na última sexta-feira, que as crianças comparecessem com camiseta e/ou acessórios na cor vermelha, tratava-se apenas da continuação do projeto adotado por essa Instituição de Ensino há mais de 4 anos, onde os eixos estruturantes e valores significativos são abordados de forma lúdica e participativa, por meio de pilares/cores relacionadas e de atividades realizadas tanto em sala, quanto com a família.”

Confira o vídeo na íntegra:

Mãe de aluno contestou

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

Uma servidora do GDF, que pede para não ser identificada, mãe de uma criança que estuda na Escola, após publicação da matéria, procurou o Blog em que afirmou o uso do da cor vermelha, há anos, no Pilar da Responsabilidade.

“Poxa milha filha estuda na 106 norte. Uma das melhores escolas de Brasília, com excelente direção. Os pilares há anos são daquela cor. Vão linchar o povo da escola. Eles tratam nossos filhos com tanto amor. Porque dar importância de uma cor como se fosse de partido? (Sic)”, questionou.

Confira o víd

Esclarecimentos

Política Distrital é um blog mantido por jornalista por formação e observa os princípios do Jornalismo de ouvir as partes envolvidas antes da publicação de uma matéria. Nesse caso, em se tratando de órgão público vinculado à Secretaria de Estado de Educação (SEDF), houve o encaminhamento de pedido de informações e questionamentos à Assessoria de Comunicação da SEDF (9/Abr), porém, sem obter retorno, conforme foi informado na matéria em questão.

O Blog esclarece que não faz acusação à alusão política de uma atividade lúdica e sim reprodução de posicionamento de pais de alunos. Política Distrital vez questionamentos à SEDF, reproduzidos na matéria, dentre eles, se houve análise por parte da escola, dado o momento político que o país vive e lamenta que, infelizmente, não houve pronunciamento por parte da Secretaria de Educação. Isso, em decorrência de reclamações realizadas por pais de alunos e de pessoas que tiveram acesso ao panfleto, nas redes sociais além de em matérias anteriormente publicadas na rede.

“Tal panfleto abriu margens à criticas de pais e professores por fazer alusão ao momento da atual conjuntura política. Houve de fato tal intenção já que a proposta é estimular a convivência cidadã? Sob essa ótica, não seria mais interessante estimular a diversidade de pensamentos?”.

O Blog pondera também que, embora a motivação para publicar a matéria fosse a reação das pessoas, Política Distrital, por desconhecer a estrutura física e o Projeto ‘Cidadão do Mundo’, buscou por viés outra preocupação, o estudo das cores. Isso porque embora a Nota de Esclarecimento aponte a vasta utilização do estudo na área da propaganda, o estudo das cores tem ampla disseminação em segmentos da comunicação, arquitetura e decoração, por exemplo. Nesse contexto, ambientes residenciais e hospitalares podem ser exemplificados, para provocar sensações de relaxamento e conforto, baseados em estudos científicos. Daí o questionamento à associação de percepções de valores às cores.

Por último o Blog observa ainda que, embora a Escola Classe 106 Norte tenha produzido um vídeo para explicar o “mal entendido”, a direção da Instituição de Ensino, em nenhum momento enviou a Nota de Esclarecimento, ou solicitou um direito de resposta, como é de costume fazer e Política Distrital em geral atende tais pedidos. A Escola se limitou a publicar na rede social Facebook e este articulista apenas tomou conhecimento por acompanhar veículos da imprensa e ver matéria sob a referida postagem por parte da escola.

Artigo anteriorSucateamento do setor oncológico contribui para morte de 2,5 mil pessoas
Próximo artigoVolta a faltar toner para impressoras na Secretaria de Saúde?