Idosa se revolta no Hospital Regional do Paranoá e manda ‘duro’ recado ao governador do DF

101
Print Friendly, PDF & Email

Desabafo da idosa reflete falta de capacidade dos gestores públicos em atender as demandas da população do DF

Por Kleber Karpov

Uma senhora de 65 anos se revoltou após esperar atendimento por cerca de 10 horas no Hospital Regional do Paranoá (HRPa). O vídeo gravado por algumas pessoas presentes no momento da confusão foi publicado em redes sociais e aplicativos móveis.

Visivelmente transtornada e vencida pelo cansaço da espera de um profissional para realizar um atendimento médico, a senhora que não foi identificada, se deu por vencida e desistiu de tentar ser atendida. Porém, não sem antes de desabafar e mandar um recado ao governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB).

Publicidade

E você Rollemberg, você falou muito mal do Roriz, você falou mal do Arruda, você falou mal de todos os governadores. Mas você está sendo um dos piores. Você e o Agnelo [?] […]Eu prefiro todos os ladrões do passado do que esses santos descarados que tem aí [?]”, disse revotada ao completar: “Eu estu no meu direito, eu tô no meu direito, eu conheço, eu tenho caderneta [gaguejou irritada], do idoso, eu sei como [?] os direitos do idoso.(SIC)

Assista o vídeo:

 

Escala Médica

O Blog consultou ainda a escala da SES-DF e verificou que ao longo do dia, apenas três clínicos médicos estavam escalados para cumprir agenda de trabalho, um das sete às 13h e outros dois a partir das 19h até as 7h da manhã de segunda-feira (21/Mar).

Ou seja, de acordo com a escala dos médicos, disponível no portal transparência do GDF, no site da SES-DF, não havia clínico médico para atendimento de emergência (pronto-socorro), entre as 7h01 e 12h59.

escala

Secretaria de Saúde

Politica Distrital fez contato com a Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), para obter informações sobre a senhora, mas até o momento da publicação da matéria não obteve retorno. Considerando que a senhora aguardou até as 19h por atendimento, a pergunta que fica é: Havia médico no OS para fazer atendimento à comunidade do Paranoá?

Atualização

Nesta segunda-feira (21/Mar), por meio da Assessoria de Comunicação da SES-DF, a Secretaria de Saúde se pronunciou sobre o caso: “A direção do Hospital Regional do Paranoá informa que três clínicos atenderam na emergência na tarde desse domingo e três no período noturno. O atendimento a pacientes com classificação verde (sem gravidade) foi lento porque seis pacientes graves, entubados, estavam internados no box de internação, exigindo atenção redobrada da equipe médica. A direção do HRPA vai  apurar o ocorrido com a paciente que aparece no vídeo.”.

Atualizado em 21/3/2016 às 13h30 

 

Leave your vote

Artigo anteriorFalta penicilina para combater sífilis na rede pública de Saúde do DF
Próximo artigoPediatra critica transferência de neonatologia do Hospital Regional do Gama para o de Santa Maria