Saúde, no DF, distribuirá 1,3 milhão de preservativos

58
Print Friendly, PDF & Email


Com a iminência do carnaval e o receio internacional após a recomendação da  Grã-Bretanha sobre o risco de transmissão sexual de zika, transmitido pelo mosquito Aedes Aegypti, por meio de relação sexual. Embora o Brasil não tenha se manifestado, nesse último caso, ditado é melhor prevenir que remediar, pode ser um bom caminho.

Os foliões do Distrito Federal já podem contar com a distribuição de 1,3 milhão de preservativos masculinos no Carnaval deste ano, uma média de 30% a mais do que é repassado mensalmente pelo Ministério da Saúde para a capital. O estoque atenderá aos blocos de rua que firmarem parceria com a pasta e abastecerá os centros de saúde, para suprirem a necessidade da população de uma maneira geral.

“O apoio aos blocos é uma estratégia de sensibilização em massa sobre a importância de prevenção”, ressaltou o gerente de Doenças Sexualmente Transmissíveis e Aids da pasta, Sérgio D’Ávila.

Publicidade

O primeiro evento pré-carnaval que pediu o apoio da Saúde de Brasília foi o Bloco das Virgens, na Asa Norte, onde foram distribuídas 7,2 mil camisinhas masculinas. O Suvaco da Asa, no Eixo Monumental, contou com quase o dobro da quantidade de preservativos, por ter um público maior. No último final de semana de janeiro, a secretaria também apoiou o Encontro dos Blocos do Cruzeiro.

Dados

Segundo o último Boletim Epidemiológico da secretaria, tanto a notificação da infecção pelo HIV como os notificados por AIDS possuem mais casos entre as faixas de 20 a 49 anos. No entanto, tem-se observado um crescimento da notificação de casos de infecção pelo HIV na faixa de 15 a 19 anos.

A secretaria recebe do MS anualmente cerca de 15 milhões de preservativos masculinos, 400 mil preservativos femininos e gel lubrificante. A grade mensal de distribuição para a rede pública é de aproximadamente 900 mil.

Blocos de rua, administrações regionais e entidades interessadas em distribuir os preservativos durante o Carnaval devem entrar em contato com a Saúde pelo número 3322-1590 ou pelos e-mails dstaidssaude@gmail.com e insumosdst@gmail.com.

Com informações de Agência Saúde DF