Servidores reclamam de redução de leitos de cirurgia plástica no Hospital Regional da Asa Norte (DF)

214
Print Friendly, PDF & Email

Secretaria explica que ação é temporária

Por Kleber Karpov

Alguns médicos, enfermeiros e técnicos do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), fizeram contato com Política Distrital para se queixar do receio de fechamento da área de cirurgia plástica daquele Hospital. Com receio os profissionais e prometem entrar com Mandato de Segurança, na Justiça, para garantir a manutenção dos atendimentos. No entanto, a Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) observa que se trata de um remanejamento temporário que não deve comprometer o atendimento.Um dos servidores que procuraram Política Distrital e pediu para não ser identificado informou sobre uma reunião que ocorreu no setor de cirurgia plástica para informar a redução de atendimentos no setor.

Um dos servidores que procuraram Política Distrital e pediu para não ser identificado informou sobre uma reunião que ocorreu no setor de cirurgia plástica para informar a redução de atendimentos no setor e criticou a ação da SES-DF.

Publicidade

“Tivemos hoje essa reunião e simplesmente passaram pra nós essa decisão. Vão transferir os funcionários de setor e os leitos da cirurgia plástica que eram quase 40 vão ser reduzidos pra 8 leitos. E a ginecologia que é referência de tratamento de mola para 6 leitos. O andar onde funcionavam essas especialidades será fechado com a justificativa que faltam servidores em outros setores! (SIC)”, diz ao observar a importância do serviço à população: “O HRAN e referência em cirurgia plástica porque os leitos serão reduzidos tanto assim. A população vai ser muito prejudicada pois é o único hospital que faz cirurgia de reconstrução de mama, por exemplo, para mulheres que tiveram câncer.”, concluiu.

Política Distrital apurou com a SES-DF que por meio de nota da Assessoria de Comunicação confirmou que “Médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem que atendem no 7º andar, onde estão pacientes de cirurgia plástica e ginecologia, serão realocados em outras áreas do hospital”. O  remanejamento das equipes teve início nesta sexta-feira (18/Dez) e deve se estender até 29 de Janeiro de 2016. Segundo a Secretaria o objetivo é manter o funcionamento da unidade durante o período de recesso de final de ano e férias.

Também de acordo com a nota da SES-DF: “Nunca houve intenção de fechar serviços. O trabalho da nossa cirurgia plástica é de cirurgia reparadora, de extrema relevância, que jamais poderia deixar de existir, assim como a ginecologia”, frisa a secretária adjunta de Saúde, Eliene Berg.

Pacientes

A SES-DF explica que haverá realocação também dos pacientes da cirurgia plástica que “serão realocados no 4º andar, onde funciona a internação de cirurgia geral. Já as pacientes de ginecologia vão para o 5º andar, onde está a clínica médica.”.

Queda na Demanda

Ainda de acordo com a nota, o diretor do HRAN, Valdir Nunes explica que há queda de demanda de atendimento nesse período do ano: “Essas duas clínicas operam muito, mas há uma queda durante este período do ano. Por isso, o remanejamento não será prejudicial. As cirurgias continuarão acontecendo”, explicou o diretor do HRAN, Valdir Nunes.

Artigo anteriorNovos servidores da Saúde do DF serão nomeados ainda em dezembro
Próximo artigoSecretaria de Saúde deve fazer nova concessão de 40 horas