Licitação para fornecimento de alimentação hospitalar coloca fim a hegemonia da Sanoli

231


Print Friendly, PDF & Email

Vigilância e limpeza devem ser os próximos serviços a serem licitados

Por Kleber Karpov

A Secretaria de Saúde publicou no Diário Oficial do DF, desta quinta-feira (19), aviso de licitação para contratação de empresas especializadas no fornecimento de alimentação hospitalar. O edital, disponível no site comprasnet.gov.br deve chamar a atenção de empresas interessadas em todo país, nos próximos 10 dias. O prazo para elaboração de preços da proposta que será aberta em quatro de dezembro.

Pela primeira vez, a secretaria dividiu a licitação em lotes, dando possibilidade de concorrência a empresas prestadoras do serviço. “Dividimos em 13 lotes, dentro de cada um deles tem um grande hospital e agregadas algumas outras unidades de saúde, como as UPAs. Com isso, poderemos ter até 13 empresas contratadas”, explica o subsecretário de Administração Geral (SUAG) da Secretaria de Estado de Saúde  do DF (SES-DF), Marcello Nóbrega.

Redução de custo

Ao Política Distrital Nóbrega explicou que com a licitação, a expectativa da SES-DF é criar uma livre concorrência entre as empresas e que a divisão em lotes licitados devem ajudar a reduzir o custo anual, hoje estimado em R$ 200 milhões  anual para algo em na entre R$160 milhões e R$ 170 milhões, por ano. “Hoje nós pagamos em média R$ 17 milhões mensais com alimentação hospitalar. Com a concorrência entre as empresas estamos na expectativa que esse valor seja reduzido para algo em torno de R$ 14 milhões ou R$ 15 milhões mensais.”, explicou.

Publicidade

Espaço para as pequenas

Nóbrega afirmou ainda que a divisão em lotes facilita e deve despertar o interesse das empresas de menor porte, desde que sejam habilitadas a fornecer alimentação hospitalar. Ao ser questionado se existem outras empresas que atuem nesse segmento no DF, o SUAG respondeu: “Sim, outras empresas operam no DF, mas é bom lembrar que o edital abrange empresas em todos os estados brasileiros. Nossa expectativa é que até o fim de dezembro que os novos fornecedores de alimentação hospitalar do DF serão conhecidos, se tudo transcorrer bem.”, concluiu.

Na mira da SES-DF

Nóbrega observou ainda que o fornecimento de alimentação hospitalar, às unidades de Saúde da SES-DF, há mais de 10 anos ficaram por conta da empresa Sanoli Indústria e Comércio de Alimentação LTDA: “São 13 anos desde que houve a última licitação e a oito ou nove anos em que a empresa fornece refeições por meio de contratos de emergência, com dispensa de licitação.”, disse ao observar que licitações para outras demandas da Secretaria devem ocorrer em breve: “Os serviços de limpeza e de vigilância devem ser os próximos.”, concluiu.

 Com informações de Agência Saúde DF