Após pressão da comunidade de Núcleo Bandeirante coordenadora de saúde é transferida para o Hospital do Guará

106
Print Friendly, PDF & Email



Alegria de uns, preocupação de outros.

O Diário Oficial do DF (DODF) desta sexta-feira (20/Nov) trouxe uma novidade comemorada pela comunidade da Região Administrativa de Núcleo Bandeirante, a exoneração da ex-coordenadora geral de Saúde da unidade de Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo e Candangolândia, a pediatra, Wilna Célia, que foi nomeada para assumir a direção do Hospital Regional do Guará (HRGu).

Por outro lado, de acordo com um servidor do Centro de Saúde nº 02, de Núcleo Bandeirante, que pediu para não ser identificado, os telefones não param de tocar. O motivo é que os trabalhadores da Saúde da regional Guará estão preocupados, com o que chamaram de ‘herança’. “Os profissionais de lá estão muito bravos.”, afirmou.

Entenda o caso

Publicidade

20151112195904A transferência de Wilna aconteceu após a comunidade de Núcleo Bandeirante se reunir e organizar uma manifestação prevista para quarta-feira (18/Nov). O evento porém foi cancelado a pedido do deputado distrital, Roosevelt Vilela (PSB), se comprometeu em intervir junto ao governador, Rodrigo Rollemberg (PSB) e ao secretário de Estado de Saúde do DF (SES-DF), Fábio Gondim.

A frente da Regional de Núcleo Bandeirante, o nome da gestora, Wilna Célia, apareceu em casos de médica que não pertencia ao quadro da SES-DF substituindo plantonistas da Secretaria; de armazenamento de bens mobiliários em locais inadequados; em reformas de escritório sob condições suspeitas, fechamento do Setor de Pronto Atendimento  (SPA) em ocasiões que a unidade deveria estar aberta; e até em situações de possível fralde em ocasião em que o nome da Coordenadora da Unidade, figurou em escalas de serviço sob a função de Agente Comunitário de Saúde (ACS). Esses casos foram noticiados por Política Distrital e alguns também foram parar em manchetes dos principais telejornais da cidade.

A pergunta que não quer calar

Se a SES-DF tem um enorme déficit de pediatras nas unidades de saúde, por que, um gestor com tantos problemas, permanece em cargo de gestão? Com a palavras a Secretaria de Saúde do DF.