Após concessão de 40h, UPA de Sobradinho permanece sem atendimento, denuncia servidor

87
Print Friendly, PDF & Email


Um servidor da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Sobradinho denunciou ao Política Distrital (2/Nov) que após a concessão das 40 horas por parte da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), que a unidade permanece “praticamente fechada”. Secretário de Saúde nega que a UPA esteja sem funcionamento.

De acordo com o denunciante, que pede para não ser identificado: “As 40 horas foram concedidas no dia 17 de outubro e o pessoal não iniciou os trabalhos A Upa sobradinho continua praticamente fechada, com apenas 1 médico e a enfermagem é obrigada a dar apoio ao hospital, assumindo setores sem receber ao menos a insalubridade devida.”, afirmou ao observar: “Os servidores já vão receber o salário referente a 40 horas agora no quinto dia útil do mês de novembro e, para você ter uma ideia, apenas uma técnica de enfermagem se apresentou.”, disse.

Ainda segundo o denunciante, no domingo (1º/Nov), apenas um médico fez atendimento na UPA Sobradinho. “Após a meia noite, apenas os pacientes com tarja vermelha ou amarela foram atendidos, pois se atendesse as verdes o médico não poderia repousar. As salas amarelas e vermelhas estão fechadas, estão todas equipadas, porém não há médicos para assumir os plantões.”, afirmou.

Publicidade

Política Distrital conversou com o secretário de Saúde, Fábio Gondim, que afirmou ser infundada a informação. ”Os profissionais entraram em exercício imediatamente após [a concessão das 40 horas]. O que pode estar havendo é que o fim de contratos temporários mantém a necessidade de profissionais.”, afirmou Gondim.

Entenda o caso

No início de outubro a SES-DF disponibilizou convite de chamamento aos servidores nos quadros de aviso das unidades de saúde para servidores interessados em cumprir jornada de 40 horas, uma forma de amenizar o impacto do término de contratos temporários em unidades da Secretaria de Saúde: “A secretaria de Saúde está convocando os servidores de 20h que tenham interesse em passar para 40h, cumprindo metade da jornada no atendimento nas UPAS. A convocação vale para a clínica médica, enfermeiros e técnicos em enfermagem. Os interessados devem procurar a chefia imediata para preencher a ficha de mudança de carga horária.”.

A concessão de 40 horas é extremamente cobiçada entre os servidores por ser uma oportunidade de aumentar a renda.

Atualização: 2/11/2015 às 17h15