Segunda edição do Projeto Pai Cidadão realiza 40 exames de DNA gratuitos

Print Friendly, PDF & Email

O balando dos resultados da segunda edição do Projeto Pai Cidadão mostram um saldo positivo, com o aumento do número de atendimentos a famílias carentes do Distrito Federal. A parceria realizada entre a Defensoria Pública do DF e a Câmara Legislativa nos dias 30 de setembro e 1º de outubro deste ano teve o objetivo de proporcionar assistência jurídica gratuita à população carente, especialmente às crianças e adolescentes.

A ação promoveu 153 atendimentos jurídicos e psicossociais, destes, 40 foram exames de DNA e 51 ações judiciais, como ações e execuções de alimentos, reconhecimento de paternidade, divórcio, entre outros. A primeira edição do evento, que ocorreu na CLDF nos dias 18 e 19 de agosto deste ano, quando foram realizados 131 atendimentos, sendo 23 exames de DNA e 24 ações judiciais.

Com o saldo positivo, a Defensoria Pública do DF declarou “que o êxito do evento Pai Cidadão apenas foi possível graças às medidas tomadas pela Câmara Legislativa e a dedicada e competente atuação dos servidores dessa Casa”.

Publicidade

Fonte: CLDF

Artigo anteriorPor determinação judicial, farmácias de alto custo voltam a atender, sob protestos, de servidores
Próximo artigoCessão do ex-governador Agnelo vira ação cível de improbidade administrativa