Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem realizam assembleia hoje (23)

Print Friendly, PDF & Email

O Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (Sindate-DF) define, nesta sexta-feira (23/Out) se permanece ou não de greve. A Entidade deve definir os rumos a serem tomados após o governador, Rodrigo Rollemberg (PSB), anunciar o cronograma de pagamentos dos reajustes que incorporam a última parcela da Gratificação de Atividade Técnico Admnistrativo (Gata), concedidos pelo antecessor, Agnelo Queiroz (PT).

De acordo com o vice-presidente do Sindate-DF, Jorge Vianna, a expetativa é que o GDF apresente uma proposta plausível à categoria de modo que possam votar pelo encerramento da greve. “A categoria da enfermagem está mobilizada, queremos que o governo, se sensibilize com a situação dos servidores do DF, sobretudo nós profissionais da Saúde, que mesmo diante da falta de estrutura fazemos o impossível para garantir o atendimento à população. Torcemos para que tenhamos uma boa saída por parte do governo, mas se não for o caso, infelizmente a categoria manterá a greve.”, afirmou Vianna.

Os membros do Movimento em Defesa do Servidor Público  composto por 19 sindicatos devem se reunir com Rollemberg às 8h, no Palácio do Buriti, para ouvir as propostas do governador. A Assembleia Geral Extraordinária do Sindate-DF está agenda para às 14 horas, em frente ao ginásio Nilson Nelson, ocasião em que decidem pela continuidade ou não da greve.

Publicidade
Artigo anteriorNovos secretários e controlador-geral do DF tomam posse. Joe Valle pediu mais tempo
Próximo artigoSecretaria de Saúde nega gestão do hospital de Sobradinho por Universidade Católica de Brasília