Mesmo com crise, concursados da Saúde podem ter esperanças de nomeação

Print Friendly, PDF & Email

Em meio aos atrasos de pagamentos de fornecedores, de horas-extras dos servidores da Saúde e até o risco de atraso de salários do funcionalismo público em outubro, por parte do GDF, os concursados da Saúde que aguardam nomeação devem ser nomeados. Embora ainda não haja data definida, a Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) considera quase certo a necessidade de nomeação de novos servidores.

Isso porque determinação do Tribunal de Justiça do DF e Territórios (TJDFT) (27/Mai) estabeleceu prazo de um ano para o governador, Rodrigo Rollemberg (PSB), regularizar a situação caótica da Saúde pública do DF. Essa decisão vai de encontro à recomendação do Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) para que a Secretaria não volte a renovar os contratos temporários e, nomeie os concursados aprovados em concurso público.

Ainda por conta da crise financeira, sem precedentes no DF,  o atraso de pagamento das horas-extras fez com que os servidores se negassem a estender a carga-horária normal de trabalho, o que aumenta a necessidade de profissionais da Saúde para atender a demanda de pacientes nas unidades de Saúde.

Publicidade

Novas nomeações

A SES-DF deve nomear novos servidores, não apenas a demanda de aproximadamente 200 servidores, provenientes de vagas em vacância. A Secretaria terá que substituir também os profissionais que atuavam nas unidades de Saúde por meio de contrato temporário. Dessa forma o total de servidores que devem ser nomeados deve subir para 859. Desses, 251 médicos, de acordo com o secretário de Saúde do DF, Fábio Gondim.

Quando?

Por meio de nota ao Política Distrital a Assessoria de Comunicação (ASCOM) da SES-DF,  informou que há um processo em tramitação na SES-DF, porém, ainda não há previsão de nova data de nomeações. Mas ao Blog, Gondim afirmou que ainda nesta quinta-feira (3/Set), deve receber um parecer técnico para confirmar a viabilidade orçamentária.

Incerteza

Embora a Saúde esteja envolta de incertezas e não se saiba ao certo quando ocorrerão as novas nomeações de servidores para compor o quadro de colaboradores da SES-DF, o certo é que é possível que novas nomeações ocorram nos próximos meses.

Artigo anteriorRollemberg deve pagar salários de setembro em dia. Mas as horas-extras…
Próximo artigoCUT, sindicatos e servidores do GDF exigem reunião com Rollemberg