Hospital de Base perde prazo e deixa de credenciar transplante renal

Print Friendly, PDF & Email

Enquanto o secretário de Saúde, Fábio Gondim, tem que lidar com a falta de recursos, tentar reduzir gastos e o ampliar a arrecadação, a direção do Hospital de Base do DF (HBDF) perdeu o prazo de credenciamento para fazer transplantes renais. A denúncia foi apresentada ao blog Política Distrital por um servidor da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), que prefere não se identificar.

De acordo com o servidor: “O credenciamento venceu em junho e até agora a renovação não foi pedido.”, afirmou. A fonte observa ainda que a ‘displicência’ que ocorreu há mais de 40 dias tem impacto financeiro negativo para a SES-DF e pode implicar em suspensão de realização de cirurgias.

“Esse é um dos programas muito bem remunerados pelo Ministério da Saúde que é pago fora do teto dos estados, ou seja, é um recurso extra para a Secretaria de Saúde que vive reclamando da falta de recursos, mas perdem o prazo. Cadê a Leila [Subsecretária de Programação e Regulação, Avaliação e Controle: Leila Bernarda Donato Gottems], a subsecretária que vive dizendo que não tinha planejamento e agora tem?”, alfinetou.

Publicidade

Por meio de nota a Assessoria de Comunicação (Ascom) informou que a direção do HBDF já solicitou o recredenciamento junto aos órgãos responsáveis, porém não informou a data da solicitação. Ainda de acordo com a ASCOM da SES-DF esclareceu: “Todos os procedimentos cirúrgicos continuam ocorrendo normalmente.”.

Artigo anteriorTratores de Agefis comprovam: Rollemberg é o maior adversário de Rollemberg
Próximo artigoQuase metade dos brasilienses coloca Saúde como principal carência do DF