OAB/DF pede investigação e medidas urgentes contra casos de infecção por superbactéria

Print Friendly, PDF & Email

Diante da gravidade dos repetidos casos de infecção hospitalar por bactérias de alta resistência, conhecidas como “superbactérias”, ocorridos em unidades de saúde do DF, a Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF) enviou ofício ao procurador-geral de Justiça do Distrito Federal requerendo a completa apuração dos fatos relativos aos casos. A Seccional também requereu que sejam adotadas medidas cabíveis tanto para imputação de responsabilidade, como para prevenir a ocorrência de novos casos.

No ofício encaminhado ao Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios (MPDFT), a Seccional observa que os casos de infecção hospitalar preocupam toda a sociedade e que se faz urgente não só manter os pacientes infectados em áreas isoladas, como também se implementar, em caráter de urgência, políticas de controle e de prevenção diferenciada nos hospitais regionais.

Os registros de infecção hospitalar ocorreram em três unidades de saúde nas Regiões Administrativas de Taguatinga, Guará e Santa Maria, e também em uma unidade de Pronto Atendimento de Sobradinho.

Publicidade

Fonte: OAB/DF

Artigo anteriorRollemberg parece acordar. Vão prá rua vocês também, vão
Próximo artigoApós denúncia, pediatra de Serviço de Pronto Atendimento (SPA) de Núcleo Bandeirante continua a se ‘transformar’ em Agente Comunitário de Saúde?