Distritais querem informações oficiais sobre compra de próteses pelo governo

Print Friendly, PDF & Email

Vários deputados distritais defenderam na sessão ordinária desta quarta-feira (27) que o governo local esclareça, com provas documentais, o processo de compra de aparelhos de próteses e órteses para a Secretaria de Saúde. O líder do PT, deputado Chico Vigilante, acusou o governo de mentir para uma emissora de televisão ao divulgar que a gestão passada adquiriu estoque daqueles produtos suficiente para 50 anos de utilização.

“Estive lá ontem (terça-feira) na Farmácia Central em busca da verdade comprovei que só há aparelhos suficientes para dois anos de utilização, no máximo. E tenho em mãos empenho que comprova que a compra foi concretizada em fevereiro deste ano, no atual governo”, afirmou o deputado petista, acusando o atual governador de ineficiência na gestão da saúde do DF, inclusive na prevenção da dengue.

Ao considerar a denúncia como “muito grave”, a vice-presidente da Câmara Legislativa, deputada Liliane Roriz (PRTB), propôs que os colegas assinem em conjunto um requerimento de informações para que a questão da compra das próteses possa ser esclarecida, oficialmente, pelo atual governo.

Publicidade

Superlotação carcerária – Em depoimento como líder do PTC, o deputado Agaciel Maia cobrou providências do Estado para se enfrentar o problema da superlotação carcerária no DF. “Com 14.291 presos para 7.383 vagas, o DF tem pior situação do que o panorama nacional. Nossa população carcerária hoje atinge quase o dobro da capacidade do sistema”, alertou, enfatizando também a situação de ‘alto risco” enfrentada pelos agentes penitenciários, que atuam em número bem aquém da necessidade dos presídios.

Lixão – O deputado Rodrigo Delmasso (PT) voltou a ocupar a tribuna da Câmara Legislativa, nesta quarta-feira, para defender a necessidade de o governo local adotar, com urgência, medidas para garantir mais segurança às pessoas que trabalham como catadores do Lixão. “Infelizmente, tivemos outro acidente que vitimou um trabalhador no local. O governo precisa instalar logo uma Central de Triagem, por exemplo, e colocar finalmente em prática o Plano Distrital de Resíduos Sólidos, aprovado por esta Casa no ano passado”, pregou.

Sudoeste – O deputado petista Chico Leite defendeu no plenário a criação na Câmara Legislativa de um movimento suprapartidário contra a construção da Quadra 500, no Sudoeste. “Temos que assegurar a qualidade de vida na cidade e, no caso do Sudoeste, já convivemos com muitos problemas de trânsito e de segurança pública que seriam agravados com a construção de uma nova quadra, para atender aos interesses da especulação imobiliária”, justificou, pedindo o apoio dos pares.

Reajustes – A vitória dos servidores públicos do DF, na votação de ontem do Tribunal de Justiça que garantiu a legalidade dos reajustes aprovados pelo legislativo no final do ano passado, foi comemorada por vários distritais. Entre eles, Wasny de Roure (PT) lembrou que a confirmação unânime da legalidade dos reajustes, pelos desembargadores, ‘foi uma vitória tanto da organização dos trabalhadores, como também dos parlamentares da legislatura passada da Câmara Legislativa. Também os distritais Chico Leite e Chico Vigilante (PT) parabenizaram os desembargadores pela votação unânime.

Fonte: CLDF

Artigo anteriorJustiça diz que Na Hora tem de voltar
Próximo artigoRolllemberg ‘apanha’ com gosto na Câmara Legislativa