Major que reduziu criminalidade em São Sebastião pode ser exonerado por testar colete balístico no quartel

518
Print Friendly, PDF & Email

Por Poliglota

O final de semana em São Sebastião foi marcado por protestos de moradores contra a possível saída do Major Cláudio Santos (GTOP), subcomandante do 21º Batalhão da Polícia Militar instalado na cidade. A população promete para hoje (18) e durante o transcorrer de toda a semana mais manifestações, inclusive com queima de pneus e fechamento da via principal da cidade.

Segundo apurado pelo blog, vários policiais recém-formados que haviam se apresentado no Batalhão para compor o efetivo local questionaram a eficiência dos coletes balísticos existentes na unidade, motivados principalmente pela recente tragédia que vitimou o Agente da PRF semana passada que teve seu colete perfurado por um disparo de um projetil calibre .38 e veio a óbito.

Publicidade

Buscando tranquilizar os policiais e demonstrar a eficácia dos coletes, o Major fez uma demonstração nas dependências da área do batalhão testando os coletes com disparos de pistola .40 e revólver calibre .38, que foi filmado pelos policiais.

O vídeo, de cunho interno, acabou vazando em grupos civis nas redes sociais e chegou ao conhecimento do comando da corporação, que segundo informações, determinou o afastamento do subcomandante.

O Major Cláudio é muito querido e respeitado pela população de São Sebastião pela eficiência com que conseguiu transformar a cidade num lugar calmo para se morar. Além do mais, os próprios policiais do batalhão se dedicaram sobremaneira após a chegada do oficial dando o retorno esperado pela população no combate à criminalidade.

Durante sua permanência no batalhão, os índices de criminalidade na cidade praticamente foram à zero e além de várias armas apreendidas diuturnamente, seis gangues que atormentavam os moradores foram desarticuladas e seus integrantes presos pelos policiais do batalhão sob o comando do Major Cláudio.

Esse mesmo Major que está prestes a ser exonerado foi o protagonista, junto com o GTOP 41 (São Sebastião) da prisão dos elementos que sequestraram e assassinaram o TCel do Exército na 208 Norte. Será que isso não deve ser levado em conta, além do currículo de bons serviços prestados à comunidade conforme acima apresentado? Ou será mero capricho de comandos que talvez nem saiba o que está acontecendo nas cidades do DF?

Ouvidos pelo blog, Associações de moradores e grupos de comerciantes da cidade esperam que a decisão seja revista pelo comando da PM, caso contrário São Sebastião poderá ter uma semana de várias manifestações que certamente incomodará o já desgastado governo Rolemberg, e isso é uma coisa da qual esse governo está correndo léguas.

 

Fonte: Blog do Tenente Poliglota

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Artigo anteriorGDF realiza nomeações, em massa, de comissionados, após afirmar que pode demitir servidores públicos. Concursados se revoltam. Doyle explica
Próximo artigoSES-DF: Secretaria de Saúde faz aplicação financeira com dinheiro que deveria ser usado para pagar fornecedores?