PSD de Rosso poderá ajudar a decidir a eleição na Câmara

45
Print Friendly, PDF & Email

Por: Francisco

A disputa pela presidência da Câmara dos Deputados, a nove dias da eleição, se intensifica com a decisão anunciada hoje (23), pelo PSD, que tem 36 deputados, de apoiar o candidato do PT, Arlindo Chinaglia (SP), e passa a integrar o bloco formado por PT, PCdoB e Pros.

Ao anunciar o apoio, o líder do partido na Casa, deputado Rogério Rosso (DF), disse que “Fazemos isso com muita tranquilidade, com muita convicção, sabemos dos desafios que teremos na próxima legislatura”, disse Rosso durante entrevista coletiva para anunciar o apoio.

Chinaglia disse que o apoio é significativo e que pretende trabalhar para ampliar o bloco.

“Vamos trabalhar juntos para ampliarmos esse bloco para termos uma chapa bastante forte para disputar a mesa e também as comissões”, disse o petista, que está na expectativa de que o PDT também anuncie apoio à sua candidatura.

Marcada para o dia 1º de fevereiro, a eleição já é considerada a mais disputada dos últimos anos, desde que o então deputado Severino Cavalcanti derrotou o petista Luís Eduardo Greenhalgh em 2005.

Além de Chinaglia, também concorrem ao cargo o líder do PMDB, Eduardo Cunha, principal opositor do petista, e o líder do PSB, Júlio Delgado (MG).

Fonte: Blog do Professor Chico