20.5 C
Brasília
11 dez 2023 07:28


Rede Feminina de Combate ao Câncer de Mama recebe doação durante campanha

Copacol realiza a entrega do cheque da 6ª edição do Outubro Rosa ao Hospital de Base (HBDF)

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Mama do Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) recebeu uma doação de R$ 33.328,00 durante a 6ª edição da campanha Outubro Rosa. A doação da Cooperativa Agroindustrial Consolata (Copacol) foi realizada na tarde desta terça-feira (14).

A ação, que já se tornou uma tradição anual da Copacol, consiste na destinação de R$ 1 por unidade vendida do filé de tilápia Outubro Rosa Copacol a hospitais especializados no tratamento do câncer de mama em diversas regiões do país. No Distrito Federal, o beneficiado é o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IgesDF), que repassa integralmente os recursos à Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília, uma entidade voluntária que atua no Hospital de Base.

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília é uma das quatro entidades voluntárias que atuam no Hospital de Base, promovendo ações e doações para dar mais conforto aos pacientes e seus familiares | Foto: Davidyson Damasceno/ IgesDF

Representante da Copacol no Distrito Federal, André Luis Ossuna, expressou a satisfação durante a entrega da doação afirmando: “Estamos aqui para entregar a contribuição proveniente da sexta edição da campanha do filé de tilápia Outubro Rosa Copacol. Neste mês, conseguimos arrecadar mais de R$ 33 mil. Ao longo dos seis anos consecutivos dessa iniciativa, somamos um valor significativo, ultrapassando R$ 250 mil destinados à Rede Feminina de Combate ao Câncer do Distrito Federal. Essa jornada solidária reforça o compromisso da Copacol em apoiar a comunidade na luta contra o câncer de mama, fornecendo recursos essenciais para a continuidade dessa importante causa”, afirma.

O cheque simbólico, no valor de R$ 33.328,00, foi entregue ao presidente do IgesDF, Juracy Cavalcante Lacerda Jr., em cerimônia realizada na tenda da Casa Rosa, localizada no jardim do Hospital de Base. O presidente destacou a importância dessa contribuição para a área de oncologia, uma vez que os recursos auxiliam no aprimoramento do atendimento aos pacientes.

“Sabemos que o câncer é uma doença que tende a crescer, temos dados do Inca de mais de 700 mil novos casos para o próximo triênio por ano”Juracy Cavalcante. presidente do IgesDF

“A relevância deste projeto é ainda mais evidente em uma ação que aborda um tema tão delicado como a oncologia. Sabemos que o câncer é uma doença que tende a crescer, temos dados do Inca de mais de 700 mil novos casos para o próximo triênio por ano. Diante dessa realidade, temos que direcionar nossa atenção para atender essas demandas, e a contribuição da Copacol desempenha um papel significativo nesse contexto. Esta iniciativa é de extrema importância, pois impacta diretamente no paciente, representando uma melhoria em sua jornada. Isso nos enche de satisfação, e expresso meus agradecimentos à Copacol e a toda a equipe da Rede Feminina, que há seis anos desempenha um papel essencial em um programa de extrema importância para a comunidade”, comemora Lacerda.

A coordenadora da Rede Feminina, Lúcia Bezerra, conhecida por Verinha, agradeceu a parceria, enfatizando a importância da doação para melhor dar apoio ao tratamento dos pacientes com câncer. Segundo ela, o dinheiro será direcionado para diversas necessidades, considerando as dificuldades enfrentadas, incluindo as necessidades das famílias dos pacientes com câncer.

“A generosidade da Copacol representa muito mais do que um valor financeiro; ela é um símbolo de solidariedade que renova a esperança. Esses atos de beneficência apoiam a missão da Rede Feminina, e também promovem a ajuda aos pacientes em sua jornada contra o câncer. Cada doação é um gesto de compaixão que transcende números, sendo uma expressão de apoio e cuidado. Agradecemos profundamente à Copacol por ser uma parceira constante nesta causa, iluminando os caminhos daqueles que enfrentam a batalha contra o câncer, e pelo apoio constante do IgesDF, fazemos o possível pelos pacientes, principalmente os que vem de fora do DF”, finaliza a coordenadora.

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília é uma das quatro entidades voluntárias que atuam no Hospital de Base, promovendo ações e doações para dar mais conforto aos pacientes e seus familiares.