População elogia trabalho da saúde pública do DF

203
Print Friendly, PDF & Email

Reforço do programa de governo SOS DF e o empenho dos servidores acumulam resultados positivos. Em dois meses, hospitais regionais já realizaram mais de 11 mil cirurgias

Uma faixa de 3,5 metros de largura com agradecimentos pendurada em um alambrado, na frente do Hospital Regional de Sobradinho (HRS). Essa foi a maneira que Eliezer Câmara encontrou para agradecer os servidores daquela unidade hospitalar. O comerciante passou no mês passado por uma cirurgia de retirada de apêndice, após um diagnóstico de apendicite.

“Cheguei ao hospital com dores e fui prontamente classificado como risco. O médico me explicou direitinho o procedimento e a importância da cirurgia”, explica. Eliezer é usuário da rede pública de saúde e, pela primeira vez, ficou impressionado com o serviço oferecido. “A gente vê a dificuldade em atender aquela demanda toda. É muita gente e não há estrutura que aguente. Mas os servidores são de excelência. Fui muito bem tratado pelos médicos e enfermeiros”, completou.

O comerciante é um dos milhares de pacientes que foram operados na rede. Nos últimos dois meses, a Secretaria de Saúde já contabilizou 11.795 procedimentos cirúrgicos de maior e média complexidade. O número é resultado da força-tarefa para dar celeridade à realização de cirurgias, reduzindo o tempo de espera dos pacientes, que está dentro do SOS DF Saúde, programa do Governo do Distrito Federal que tem o objetivo de organizar a gestão na rede de saúde pública.

Segundo dados da Secretaria de Saúde, os procedimentos foram realizados nos 14 hospitais da rede, no período de 67 dias. Entre as unidades, o Hospital de Base teve destaque. Realizou 1.882 intervenções. No mesmo período o Hospital Regional de Taguatinga destacou-se também com 1.054 cirurgias, seguido do Hospital Regional do Gama (HRG) com 1.044 procedimentos.

Publicidade

Fonte: Agência Brasília