Confirmada a 4ª morte por dengue em 2019 no DF

150
Print Friendly, PDF & Email

A região de Saúde Leste, composta por Paranoá, São Sebastião e Jardim Botânico é onde atualmente ocorre a maior incidência da doença

O Distrito Federal confirmou a 4ª morte por dengue este ano. A vítima foi o produtor cultural Diogo Mateus Gama. No mesmo período do ano passado não houve registros de óbitos por dengue na capital federal.

Os casos de dengue também aumentaram. De acordo com dados da Secretaria de Saúde, já são 1.928 notificações da doença. Dessas, 279 casos foram confirmados.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o aumento de casos de dengue no DF é causado pela circulação de um novo sorotipo da doença.

A melhor forma de prevenção da doença é evitar os focos do mosquito. Para isso, é necessário ficar atento aos recipientes que podem acumular água, já que é nesse ambiente que as larvas dos insetos de desenvolvem – principalmente nas residências e na vizinhança.

Publicidade

A região de Saúde Leste, composta por Paranoá, São Sebastião e Jardim Botânico é onde atualmente ocorre a maior incidência da doença, com 532 casos prováveis de dengue.