Sindate-DF esclarece dúvidas sobre permanência dos profissionais nas UPAS

473


Print Friendly, PDF & Email

Por Rayane Lopes

Com o intuito de esclarecer dúvidas sobre as mudanças no modelo de gestão hospitalar que será implementado no Distrito Federal, o Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem (Sindate-DF) está percorrendo as Unidades de Pronto Atendimento (UPAS), que serão integradas ao Instituto de Gestão Estratégica de Saúde (IGESDF). Nesta quarta-feira (6), o diretor do Sindate, Newton Batista, esteve na UPA de Samambaia e conversou com a categoria.

Newton afirma que o sindicato já está em conversa com a Secretaria de Saúde para que sejam protegidos os direitos dos servidores e a permanência daqueles que querem ficar nas UPAS. “Para os servidores que desejam permanecer, queremos que todos os direitos sejam respeitados e que a transição aconteça sem transtornos e sem prejudicar, em nenhuma hipótese, os trabalhadores das UPAS e do Hospital de Santa Maria”, enfatiza o diretor.

O pedido já foi reforçado pelo sindicato ao secretário de Saúde, Osnei Okumoto, na última segunda-feira (4), durante reunião na Secretaria de Saúde. Na ocasião, o secretário esclareceu que haverá a proposta aos servidores que quiserem permanecer em seus postos de trabalho. Segundo o secretário, caso não haja número suficiente de interessados, aí haverá a contratação.

Fonte: Sindate-DF