Servidor da Saúde desabafa em rede social sobre PL, de Ibaneis Rocha, sobre conversão IHBDF em OHDF

3589
Print Friendly, PDF & Email

No texto, servidor questiona quebra de confiança em Ibaneis por promessas descumpridas

Por Kleber Karpov

Um texto publicado por um servidor da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF),  sobre a conversão do Instituto Hospital de Base do DF (IHDF) em Organização Hospitalar do DF (OHDF), viralizou nas redes sociais. Nele, o profissional de Saúde, questiona promessas de campanha descumpridas do governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), a gestão do HBDF, e apresenta caminhos, para resolver o problema emergencial da Saúde do DF.

Confira o texto

“Senhor governador Ibaneis, li que o senhor deu uma entrevista alertando em tom ameaçador, que iria processar os deputados que não votarem no seu projeto de extinguir a SES do DF e terceirizar gradativamente toda a saúde. O senhor quer passar a culpa das eventuais mortes para os deputados que forem contra essa proposta assim como seu antecessor queria passar a culpa do sucateamento da saúde pros servidores.

Publicidade

Bom vamos lá, o senhor até o inicio da campanha no primeiro turno das eleições tinha apenas 2% das intenções de votos, por qual motivo o senhor acha que de uma hora pra outra ultrapassou a candidata que liderava as pesquisas? O senhor sabe, mas se tiver esquecido vou te lembrar, por causa dos servidores da saúde e educação.

Depois o senhor prometeu em campanha que iria acabar com o IHB e que pagaria a terceira parcela do reajuste de várias categorias que deveria ter sido pago em 2015. Acredito qua a grande maioria dos servidores da saúde (eu votei no Rosso mas no segundo turno votei no senhor) votaram no senhor por esse motivo e quando venceu e assumiu fez o contrário. Na minha criação considero isso mentir e não ter caráter. Não sei como o senhor não tem vergonha. O senhor fala que quer o bem da população.

O GDF tem contrato com o IHB de 600 milhões, por que o senhor não usa esse dinheiro para contratar profissionais concursados que estão aguardando nomeação? para comprar insumos e equipamentos, em outras palavras dar meios (recursos humanos e físicos) para darmos a população um atendimento de qualidade que eles fazem jus, pois pagam impostos como todo cidadão de bem?

O senhor afirma que o projeto permite o governo resolver os problemas da saúde em caráter emergencial porque pessoas estão morrendo. O ato de Estado de Emergência que o senhor decretou na saúde permite essas ações emergenciais para sanar os problemas mais urgentes, porque o senhor não utiliza esse recurso? O senhor afirma que mortes seriam evitadas com a aprovação desse projeto.

Quer dizer que lá no IHB não morre ninguém? Tudo funciona? Não falta nada? Meu pai morreu lá em dezembro passado. Só tenho a dizer duas coisas: que o senhor decepcionou milhares de pessoas que votaram em você, por acreditar em suas promessas de campanha.

O senhor não era político as vezes por esse motivo, muitos depositaram a esperança no senhor. Pena que o senhor provou ser mais do mesmo. A outra coisa é que todo eleitor que acreditou em suas propostas deveria processá-lo por mentir e descumprir promessas de campanha.”.

Em tempo

Um áudio atribuído a uma pessoa que se identifica como Maria Pimenta, também e, em um tom mais ‘pesado’ cobra sensatez, por parte do governador do DF, em relação ao mandato. PD tentou identificar a personagem, porém, sem êxito para publicação de matéria.