Escritórios de advocacia poderão funcionar legalmente nos Lagos Sul e Norte

68
Print Friendly, PDF & Email

Grande Vitória para a Advocacia do DF

A Câmara Legislativa aprovou, na tarde de ontem (11), a Lei de Uso e Ocupação do Solo – LUOS, (PLC 132/2017). Um dos principais itens do projeto, a emenda de autoria do deputado Raimundo Ribeiro, que autoriza o funcionamento dos escritórios de advocacia em áreas residenciais nos Lagos Sul e Norte, também foi aprovada. Com isso, a advocacia do DF teve uma grande vitória.

“Estamos há anos lutando por esta conquista. Enfrentamos várias batalhas, mas, conseguimos lograr êxito no dia de hoje”, destacou o parlamentar.

De acordo com Ribeiro, esta Lei reconhece a grandeza da advocacia com suas prerrogativas de inviolabilidade e acima de tudo, do seu papel social. “É muito gratificante ter feito parte desta conquista. Quero parabenizar todos os advogados que estiveram conosco nesta caminhada e, acima de tudo, agradecer a confiança que sempre tiveram em meu trabalho”, finalizou o distrital.

O advogado Dr. Antonio Rezende, parabenizou Raimundo Ribeiro pela iniciativa ao ter apresentado a emenda, e destacou a relevância de seu trabalho frente a advocacia. De acordo com ele, esta é uma reivindicação de diversos escritórios que atualmente funcionam em imóveis residenciais nos Lagos Sul e Norte, em atividade que não trás transtornos à comunidade, apenas facilita o acesso à justiça para toda coletividade do Distrito Federal.

A votação contou com a presença de autoridades e representantes da advocacia , entre elas, o presidente da OAB/DF, Juliano Costa Couto.

0
Publicidade

Comentário