“Rollemberg, eu sou da Saúde e esse é meu grito de desabafo!” diz servidora sobre vitória de Ibaneis Rocha

1200
Print Friendly, PDF & Email

Ibaneis Rocha é eleito governador do DF, com cerca de 70% dos votos válidos

Por Kleber Karpov

Ibaneis Rocha (MDB), eleito com 69,79% dos votos contra 30,11% do atual governador do DF, o socialista Rodrigo Rollemberg (PSB), militantes e apoiadores do emedebista se concentrou no estacionamento do Centro de Convenções Ulisses Guimarães. No primeiro discurso, após eleito para comandar o Executivo, Ibaneis prometeu trabalhar para os pobres e trabalhar para colocar o Distrito Federal em ordem.

Ibaneis também lembrou que é o primeiro governador eleito pelo DF. “Sou nascido na capital do país, no Hospital de Base [do DF HBDF, agora Instituto HBDF], batizado por Padre Roque e morador da QI 5 do Guará I”, disse ao reafirmar que o mandato será de “quatro anos de muito trabalho”.

Desabafo

Publicidade

Mas uma cena chamou atenção de Política Distrital (PD). O desabafo de uma servidora da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), não identificada, que mesmo após a saída do governador eleito, no intervalo da execução de uma banda musical, subiu no carro de som, e de posse do microfone, deu voz há cerca de 40 mil servidores da SES-DF, que se consideram massacrados, desde que Rollemberg assumiu o governo em 2015.

“Rollemberg, eu sou da Saúde, e esse é meu grito de desabafo!”

0

Comentário