Sindate-DF realiza ato, nesta sexta (6), em frente ao PS do IHBDF contra devoluções de servidores à Secretaria de Saúde

160
Print Friendly, PDF & Email

“Isso não foi acordado. Isso fez parte de nenhuma tratativa que o sindicato fez.”, afirma sindicalista

Por Kleber Karpov

A direção do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (SINDATE-DF) anunciou a realização de ato, em frente ao Pronto Socorro do Instituto do Hospital de Base do DF (IHBDF), contra a devolução compulsória de servidores estatutários à Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF). O anúncio foi realizado pelo vice-presidente, licenciado, do SINDATE-DF, Jorge Vianna.

De acordo com o sindicalista, a SES-DF deixou de honrar com a escolha de permanência dos profisisonais de Saúde no IHBDF, após a conversão do Hospital de Base do DF (HBDF) em Serviço Social Autônomo. Vianna afirma ter recebido convite da diretora do Sindicato, Josiane Jacob para participar de ato na unidade.

O ato contra a devolução de servidores estatutários do IHBDF, deve concentrar servidores “expulsos”, nas palavras de Jorge Vianna, nessa sexta-feira (6/Jun), à partir das 7 horas da manhã.

Publicidade

“Eles estão tomando essa medida, mas muitos servidores estão revoltados com essa situação.”, disse ao observar que o SINDATE-DF, deve tomar providências em relação a `expulsão` “Isso não foi acordado. Isso fez parte de nenhuma tratativa que o sindicato fez.”, concluiu.

Na última semana, Política Distrital (PD) publicou matéria com denúncias em relação às transferências compulsórias de servidores, por parte da gestão do IHBDF, à SES-DF. Inclusive com casos de ´dispensa´ de profissionais de saúde, por meio de aplicativo. Versão essa refutada pela Pasta, porém, com provas recebidas e publicadas por PD.

0

Comentário