Sargento Osair da PMDF ainda precisa de doações de sangue

181
Print Friendly, PDF & Email

O sargento Antônio Osair Crescêncio da Silva continua precisando de doações de sangue. Na manhã do próximo sábado, dia 7 de abril, mais um ônibus levará os doadores à Hemoclínica. O coletivo sairá do Gama.

A esposa do sargento Antônio Osair Crescêncio da Silva, senhora Celi Ribeiro Soares, agradece a todos que fizeram doações de sangue e participaram da carreata em prol de seu marido e solicita novas doações para salvar a vida do nosso colega de farda.

O sargento Osair foi diagnosticado há poucos dias com leucemia aguda e precisa de duas bolsas de plaquetas por dia e, para isso, são necessários 16 doadores diários.

Faça parte dessa corrente do bem em prol da vida do sargento Osair doando sangue e/ou compartilhando esta mensagem.

Entenda o caso

Publicidade

Em março, Osair, 48 anos, diagnosticado com leucemia aguda com a ajuda de policiais militares que realizaram uma campanha de doação onde conseguiram reunir cerca de 300 doadores de sangue e plaquetas para o tratamento do militar. Porém, ainda em tratamento, o sargento do PMDF ainda necessita de mais doações de sangue.

SERVIÇO

A doação pode ser realizada nos horários:

De segunda a quinta, das 7h às 12h;
Sexta, de 7h às 16h; e
Sábado, 7h às 11h30.
Local: Hemoclínica, 916 Sul (ao lado do Santa Lúcia).

O estacionamento é gratuito, basta mostrar o comprovante de doação.
Não deixem de informar o nome do paciente: Antônio Osair Crescêncio da Silva.Orientações podem ser obtidas através do telefone: 3346-9788.

0

Comentário