Após ato de concursados da Saúde, Rollemberg anuncia cerca de 2 mil nomeações, em várias áreas

1530
Print Friendly, PDF & Email

Promessa acontece após mobilização de concursados da Saúde, em frente ao Palácio do Buriti

Por Kleber Karpov

O governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB) anunciou, em entrevista coletiva, na manhã desta quarta-feira (14/Mar), que o GDF deve convocar, até dezembro desse ano, cerca de 2 mil novos servidores. Somente em março, 1587 novos servidores devem compor os quadros da Saúde, Metrô e Procom do DF. O anúncio acontece, após a realização de ato, por concursados da Saúde, organizado pelo Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (SINDATE-DF), em frente ao Palácio do Buriti, para cobrar as nomeações do chefe do Executivo.

De acordo com Rollemberg, ainda nesse mês, devem ser nomeados 1.485 servidores na Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF). Desses, 295 médicos, 256 enfermeiros, 767 técnicos, em diversas categorias, além de 167 especialistas em saúde. A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) deve receber 63 novos profissionais e, 63 concursados devem ingressar, também, no Instituto de Defesa do Consumidor do DF (PROCON-DF).

Também de acordo com o governador, em abril, a Secretaria de Estado de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude (CRIANÇA) deve receber 242 servidores e ainda a Secretaria de Estado de Cultura (SECULT-DF) outros 20, desses, 10 na Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro.

Publicidade

Ainda segundo Rollemberg, nos meses de maio, agosto, setembro e dezembro, será a vez do ocorrerem nomeações na Polícia Civil do DF (PCDF). Ao todo,155 novos servidores devem ser nomeados. Desses, 65 delegados: 15 em maio, 16 em agosto, 20 em setembro e 14 em dezembro; 160 peritos: com 15, 16, 20 e 43, nos respectivos meses, além de 30 papiloscopitas: 15 em setembro e 15 em dezembro.

Recadinho

Em um vídeo publicado por Rollemberg, o socialista fez questão de ressaltar que tais nomeações ocorreram, somente, em decorrência da atuação de deputados distritais da base do governo junto à Câmara Legislativa do DF (CLDF). “Eu quero fazer um agradecimento especial aos deputados da base de apoio do governo que aprovaram as medidas encaminhadas pelo governo que estão permitindo fazer essas contratações.”.

Pressão

No entanto, ao Política Distrital (PD), o vice-presidente do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (SINDATE-DF), Jorge Vianna, as nomeações são reflexos do poder de mobilização dos concursados em conjunto com as entidades sindicais. “Nós temos um déficit enorme de servidores na Secretaria de Saúde e com o nosso ato, conseguimos abrir o processo de negociação com o governo. Há divergências entre a quantidade real de falta de servidores entre os nossos levantamentos, quando confrontados com os dados oficiais.”, afirmou Vianna.

Ato dos concursados

O ato dos concursados teve por finalidade cobrar de Rollemberg, utilização dos R$ 133 milhões, destinados pelo deputado distrital, bispo Renato Andrade (PR) para nomeações de livre provimento da SES-DF. Parte desse montante: R$ 14.741.870,00; R$ 3.936.000,00 e R$ 1.714.286,00 destinados às nomeações de 200 enfermeiros; 120 técnicos em enfermagem e 50 técnicos em radiologia, respectivamente.

0

Comentário