Após pressão do Sindate-DF, Saúde faz previsão de pagamento das Horas extras

1449
Print Friendly, PDF & Email

Sindicato anuncia mudança em portaria que impede recebimento de HEs

Por Kleber Karpov

Na sexta-feira (8/Fev), o Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (SINDATE-DF), realizou um protesto em frente a servidores da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) para cobrar o pagamento das Horas Extras (HEs), em atraso desde outubro.

Mesmo com pouca adesão por parte dos servidores da SES-DF, o vice-presidente do SINDATE-DF, Jorge Vianna, durante o protesto, anunciou que gestores da Secretaria receberam uma comissão e se comprometeram a efetuar o pagamento no final do mês. O Sindicalista criticou o governador, Rodrigo Rollembeg (PSB), por utilizar a mídia para anunicar que os pagamentos dos servidores estão em dia.

Após o ato, a SES-DF anunciou previsão de pagameto das Hes para o dia 27 deste mês. “Os recursos para o pagamento das horas extras referentes ao mês de outubro foram empenhados. A previsão é que no dia 27 de fevereiro todos os servidores da Secretaria de Saúde que tenham direito ao benefício recebam o pagamento. O valor total das horas extras devidas é de R$ 7 milhões.”.

Publicidade

Jorge Vianna também comentou sobre a revisão, por parte da SES-DF, de portaria que impede o recebimento das HEs, em relação aos servidores com mais de 18 horas negativas.

Confira o vídeo:

1

Comentário