Sindicato realiza mobilização, nesta sexta (9) para cobrar Horas Extras de outubro

361
Print Friendly, PDF & Email

Fonte afirma que pagamento de HEs e parcela de 13o salário deve ocorrer até 16 de fevereiro, mas secretarias de Saúde se esquiva de confirmação e, de Fazenda não se manifesta

Por Kleber Karpov

Com quatro meses de atraso, servidores da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) recorrem a sindicatos para presssionar a pasta em relação ao pagamento das Horas Extras (HEs), em atraso desde outubro. O Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (SINDATE-DF), anunciou realização de manifestação, nesta sexta-feira (8/Fev), às 9 horas, em frente a SES-DF para cobrar as HEs.

Em matéria publicada no site da entidade (8/Fev), a direção do SINDATE-DF anuncia a mobilização dos servicores. “Em protesto, o Sindate convida todos os auxiliares e técnicos em enfermagem a entregar as horas extras até que a Secretaria de Saúde pague os meses atrasados. O sindicato orienta a categoria a comunicar às chefias que a partir desta sexta-feira ninguém irá trabalhar além da jornada contratual. Se você está com as suas horas extras atrasadas, junte-se a nós e lute por um direito seu.”.

13o Salário

Publicidade

Na quarta-feira (7/Fev), fonte de Política Distrital (PD) informou que há previsão de pagamento, tanto das HEs, quando do 13o Salário, para o dia 16 de fevereiro.

Porém

Ao apurar a previsão, a SES-DF, evitou apresentar data de pagamento. A pasta se limitou a informar que “é a Secretaria de Fazenda quem informa a data de liberação do pagamento. A Secretaria de Saúde ainda não foi comunidade (sic) da data.”

PD acionou ainda a Secretaria de Estado de Fazenda do DF (SEFAZ) sobre o assunto, porém, até o momento da publicação da matéria, a pasta não se posicionou sobre o assunto.

2

Comentário