Secretaria nega existência de banheiro sem vaso sanitário e usuários mostram as ‘cagadas’ da falta de gestão no HRAN

596
Print Friendly, PDF & Email

Banheiros compartilhados entre homens e mulheres, vasos quebrados ou ausentes e falta de cadeiras para acompanhante estão entre problemas apontados

Por Kleber Karpov

Após publicação de matéria, pelo blog Brasília em On (20/Dez)(Veja Aqui), sobre o caos no Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) sobre problemas que potencializa a disseminação de infecção hospitalar na unidade e a Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) negar o problema, servidores e usuários produzem provas contrárias às mentiras da SES-DF.

Entre as denúncias apresentadas pelo blog estavam a falta de vaso sanitário em banheiro, uso coletivo por pacientes, homens e mulheres, além, de falta de cadeiras para acompanhantes que são obrigados a dormir com o internado.  Ao blog a SES-DF, refutou a denúncia e associou problemas como sujeira, em decorrência da greve dos funcionários de limpeza.

O disse a SES-DF ao Brasilia em On

A direção do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) informa que não faltam vasos sanitários em nenhum banheiro do hospital nem há vasos com entupimento. A direção ressalta que na terça-feira, devido à greve dos funcionários da limpeza, foram registrados problemas na manutenção dos banheiros. As fotos que mostram sujeira no chão foram feitas no local destinado ao banho, só tem chuveiros, não há vasos sanitários.

Sobre as cadeiras, a direção esclarece que o hospital não dispõe de cadeiras para todos os acompanhantes e, por este motivo, em alguns casos o acompanhante é autorizado a levar cadeira de casa. Vale ressaltar que, de acordo com a legislação, só tem direito a acompanhante pacientes com 60 anos ou mais, crianças ou pessoas com dificuldade de mobilidade.

Ainda segundo a direção do HRAN, é proibido acompanhante dividir cama com o paciente, devido ao risco de infecção. Sobre a água quente, a direção informa que desde agosto, quando as caldeiras do HRAN foram desativadas, não há registro de problema com o fornecimento de água quente. Os pacientes contam com água aquecida 24 horas

Porém

Após tal posicionamento da SES-DF, foi desmentido tanto ao Brasília em On, quanto ao Política Distrital (PD). Uma servidora do GDF, sob sigilo de identidade,  conversou com PD ue reafirmou os problemas na unidade.

“Justamente pela negativa da direção do Hospital, em relação a condição do hospital [HRAN] que meu irmão gravou o vídeo e mencionou propositalmente o dia que o vídeo foi gravado, para mostrar as condições que os pacientes e os acompaNhantes estão submetidos.”, disse a servidora do GDF ao observar o “nós passamos três dias, em pé, porque não tinha lugar para sentar, fora ver aquele banheiro, naquelas condições, com aqueles buracos no chão sendo usados como vaso sanitário.”, concluiu.

Além de mostrar a mentira por parte da Secretaria de Saúde em relação ao caos no HRAN, outro fato também ficou demonstrado, que a SES-DF tentou atribuir o problema a greve dos funcionários da limpeza. Porém, informações obtidas junto ao o Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio, Conservação, Trabalho Temporário, Prestação e Serviços Terceirizáveis no Distrito Federal (SINDISERVIÇOS-DF), indica que a greve terminou há alguns dias.

Confira abaixo:

 

Confira as fotos

Novamente

Acionada por PD, sobre a denúncia da acompanhante de paciente do HRAN, a SES-DF afirmou que: “As respostas continuam as mesmas para os problemas apontados.”.

2

Comentário