Operação Custo Alto: MPDFT realiza vistoria em farmácia da Ceilândia

Print Friendly, PDF & Email

A 4ª Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus) deflagrou, nesta terça-feira, 10 de outubro, a segunda fase da Operação Custo Alto. Dessa vez, promotores de Justiça e representantes do Conselho Regional de Farmácia (CRF) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) fiscalizaram a Farmácia Ambulatorial Especializada da Ceilândia.

A inspeção tem o objetivo de vistoriar o fluxo de fornecimento de remédios, como armazenamento, estoque, programação, aquisição e dispensação. Também tem a finalidade de analisar os serviços prestados aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), como o regular funcionamento das seções, os equipamentos médicos de atendimento aos pacientes e o efetivo cumprimento da carga horária dos profissionais da área médica.

A primeira fase foi realizada em 3 de outubro, na Farmácia de Alto Custo da Asa Sul. Durante a vistoria, foram encontrados medicamentos vencidos. A ação faz parte das investigações de inquérito civil público aberto para investigar irregularidades nas farmácias de alto custo do Distrito Federal.

Fonte: MPDFT

0