CRM-DF restringe atendimentos em cirurgia ortopédica no hospital do Paranoá

Print Friendly, PDF & Email

Unidade está sob Indicativo de Interdição Ética

O Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) no uso de suas atribuições, visando à preservação da dignidade do atendimento à população e a segurança do ato médico, decidiu restringir o recebimento de novos casos cirúrgicos na Unidade de Ortopedia do Hospital Regional do Paranoá (HRPa), que está sob Indicativo de Interdição Ética.

O documento foi assinado nesta quinta-feira (17), pelo presidente do CRM-DF, Jairo Martínez Zapata e o diretor do Hospital da Região Leste, Leonardo Souza Ramos. O termo ainda prevê a resolução dos casos já internados na ortopedia que aguardamresolução cirúrgica, dentre outras providências a serem tomadas pelo responsável técnico no sentido de reestabelecer as condições mínimas de funcionamento da unidade.

Define-se como interdição ética do trabalho do médico a proibição, pelo respectivo Conselho Regional de Medicina, de o profissional exercer seu trabalho em estabelecimentos de assistência médica e hospitalização por falta de condições mínimas para a segurança do ato médico.

A decisão foi tomada em sessão plenária, após vistorias realizadas pelo CRM-DF e denúncias formuladas pelos médicos da unidade, que constataram a falta de insumos e recursos humanos essenciais para o exercício da medicina de maneira compatível com a demanda e complexidade dos procedimentos terapêuticos cirúrgicos, destacando a falta de anestesistas e a demora na realização de operações ortopédicas, prejudicando o funcionamento de unidade referencial.

A Secretaria de Saúde do DF deverá sanar as irregularidades apontadas nos prazos definidos pelos cronogramas de ações entregues aos responsáveis técnicos, sendo a restrição de atendimento imediata para os novos casos cirúrgicos da ortopedia do HRPa, de forma a garantir o fluxo de funcionamento do Centro Cirúrgico tornando a demanda de pacientes compatível com a capacidade de atendimento, e informar oficialmente ao corpo clínico, o SAMU, o CRM-DF e a população as condições de atendimento e restrições em que a unidade se encontra, em local visível e de fácil acesso.

Cumpre informar que este Conselho tem desenvolvido várias ações, notificado e alertado os gestores da SES-DF em relação às graves e persistentes deficiências encontradas em diversas unidades da rede SUS-DF.

Fonte: CRM-DF

1

Kleber Karpov

@KleberKarpov Jornalista (MTB 10379-DF) Perfil Acadêmico e Profissional Pós-Graduando em Auditoria em Serviços de Saúde (ICESP-DF) Graduado em Jornalismo (ICESP-DF); Ciências Políticas (Veduca/USP); Consultor em Tecnologia da Informação; Consultor em Marketing Político; Coordenador de Campanhas políticas ou institucionais; ex-Assessor Parlamentar na Câmara Federal; Vice-Presidente da Associação Brasiliense de Blogueiros de Política (ABBP); Projetos Pessoais e Sociais: Criador do projeto www.queromeucarrodevolta.com.br (2012), para vítimas de roubos e furtos de veículos; Editor e Apresentador do telejornal Quero Meu Carro de Volta Apresentador do Panorama Político (Rádio Federal) Envie sua sugestão de pauta: Whatsapp: (61) 99606-2984 E-Mail: karpovls@gmail.com

Você pode gostar...

Comentário