Funcionalismo público deve receber os salários normalmente, em agosto, de acordo com GDF

Print Friendly, PDF & Email

Governo explica que conseguiu liberar verba retida do Fundo Constitucional e deve garantir pagamento dos salários de julho, sem parcelamentos

Por Kleber Karpov

Após publicação de nota em um jornal local que afirmou que o GDF deve parcelar o pagamento de salários dos servidores públicos, Política Distrital (PD) foi acionado por vários trabalhadores para confirmar a notícia. A nota sugere ainda que as entidades sindicais estavam cientes do desconto.

PD conversou com diversos representantes de entidades sindicais e todos foram unânimes em negar a existência de comunidado oficial por parte do governo. Esse é o caso da presidente do Sindicato dos Professores do DF (SINPRO-DF), Rosilene Correia que criticou a postura da atual gestão do GDF de usar a mídia para avisar sobre as iniciativas do governo.

“O sindicato não recebeu essa informação oficialmente, o que temos conhecimento é através da imprensa, portanto, nós não temos a posição que o governo esteja informando a alguma categoria, ao menos não entendemos assim. Diante de tanta desinformação, de tanta especulação, ao menos a gente espera que seja e não passe de especulação. Nós solicitamos uma reunião com o governo para tratar dessa pauta, para ter uma posição oficial. Esse governo tem a mania de comunicar as coisas por meio da imprensa como se não tivéssemos porta voz, não tivéssemos representantes legítimos. Mas  isso é inaceitável, para nós isso não passa de especulações pois é realmente o governo querer inviabilizar o restante de sua gestão que todos sabem muito bem que não está lá essas coisas então com isso ele quer realmente parar a máquina. Esperamos que isso não aconteça.”, disse Rosilene Correa.

Ainda segundo Rosilene, que torceu que não seja irresponsabilidade da imprensa, as entidades sindicais devem se reunir na próxima segunda-feira (31/Jul), para tratar, preventivamente dessa questão.

Após explicar que está em férias, para tratamento de saúde, o vice-presidente do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (SINDATE-DF), Jorge Vianna também negou receber informação oficial sobre o parcelamento de salários e apontou a falta de prioridades por parte do governo.

“Apenas vimos essa informação pela mídia, não temos nada oficial. Mas assim que tivermos informações concretas desse parcelamento, nós vamos reunir todos os sindicatos e vamos cobrar do governo que reveja conceitos. O governador está fazendo uma série de obras com a obra na Orla no Lago, gastando dinheiro com questões que não são tão prioritárias. Vamos cobrar que ele seja coerente e direcione os gastos com os serviços de utilidade pública já que o governo vive anunciando que não tem recursos.”, criticou Vianna.

A outra parte

Ao ser questionado, por meio da Assessoria de Comunicação da Casa Civil, o GDF afirma negou a possibilidade de efetuar parcelamentos de salários. A pasta sugeriu ainda ler a explicação em matéria publicada, hoje, às 17h45, (VEJA AQUI) em que o governo explica que obteve a liberação de recursos do Fundo Constitucional do DF (FCDF), até então retidos pelo Ministério do Planejamento. Dessa forma o GDF afirma que deve efetuar, normalmente, o pagamento do salários de julho, até o quinto dia útil de agosto.

0

Kleber Karpov

@KleberKarpov Jornalista (MTB 10379-DF) Perfil Acadêmico e Profissional Graduado em Jornalismo pelas Faculdades Icesp no DF; Consultor em Tecnologia da Informação; Consultor em Marketing Político; Coordenador de Campanhas políticas ou institucionais; ex-Assessor Parlamentar na Câmara Federal; Diretor Administrativo da Associação Brasiliense de Blogueiros de Política; Projetos Pessoais e Sociais: Criador do projeto Quero Meu Carro de Volta (www.queromeucarrodevolta.com.br), lançado em 2012. Serviço de utilidade pública dedicado às vítimas de roubos e furtos de veículos em todo o país; Editor e Apresentador do telejornal Quero Meu Carro de Volta, veiculado pela TV Gênesis, em todo o Brasil, Argentina, México, Espanha e parte dos EUA. Envie sua sugestão de pauta: Whatsapp: (61) 9606-2984 E-Mail: karpovls@gmail.com

Você pode gostar...

Comentário

1 Resultado

  1. 2 de agosto de 2017

    […] parcelamento de salários dos servidores públicos do DF e a reação foi imediata. Embora o GDF tenha negado tal possibilidade, entidades sindicais se reuniram, na segunda-feira (31/Jul), e prometem oferecer resistência e […]