Bispo Renato propõe novo destino para bicicletas apreendidas no DF

Print Friendly, PDF & Email

Um projeto de lei protocolado nesta segunda-feira (22) propõe que bicicletas apreendidas em casos de roubo ou furto no Distrito Federal, sejam doadas à Polícia Militar ou aos Centros de Iniciação Desportiva da Secretaria de Educação. O autor da proposta, deputado Bispo Renato Andrade, acredita que a medida vai de encontro aos interesses da comunidade, uma vez que estas doações serão traduzidas em melhorias na educação, segurança e assistência social.

Para Bispo Renato, em muitos casos, as bicicletas, bem como peças e equipamentos equivalentes, não são reclamados por seus proprietários e acabam ficando armazenados e inúteis. “Se o governo não tem condição de equipar a PM ou os CIDs, nada mais justo do que aproveitarmos estes objetos abandonados, que, na maioria das vezes, estão em excelentes condições de uso”, sustenta. O parlamentar explica ainda que a doação será feita se o proprietário não comparecer em seis meses para recolher o objeto.

Segundo o autor da proposta, o abandono de bicicletas em depósitos pode representar perigo, inclusive, à saúde pública, “já que os objetos podem servir, por exemplo, de meio para a proliferação de doenças como a dengue”.

Bispo Renato defendeu a aprovação deste projeto de lei com o caso do treinador e criador do CID de ciclismo, Alex Ribeiro. Segundo o professor, o DF já foi representado nos Jogos da Juventude, que são etapas de jogos nacionais. “Sei que o projeto do professor Alex não atende mais crianças por falta de equipamento. Minha proposta pode ajudar muito a resolver essa situação e incentivar o esporte entre os jovens”, argumentou.

Centros de Iniciação Desportiva

Os Centros de Iniciação Desportiva oferecem conhecimento em diferentes modalidades esportivas aos estudantes da rede pública de ensino do DF. Segundo o poder executivo, as aulas são gratuitas e realizadas no contra turno escolar.

Dia do Ciclista

A proposta do deputado Bispo Renato Andrade estabelece ainda o dia 19 de agosto de cada ano como o Dia do Ciclista. Ele acredita que o Distrito Federal ainda não tem uma data no calendário oficial para atribuirmos à importância do ciclista. “O dia 19 de agosto foi escolhido em homenagem ao estudante Pedro Davison, que faleceu em 2006 após ser atropelado enquanto pedalava. O motorista fugiu sem dar assistência à vítima”, explica o parlamentar. “Que casos como este sejam extintos das páginas dos nossos jornais”, acrescenta.

Fonte: Ascom Bispo Renato

0

Kleber Karpov

@KleberKarpov Jornalista (MTB 10379-DF) Perfil Acadêmico e Profissional Pós-Graduando em Auditoria em Serviços de Saúde (ICESP-DF) Graduado em Jornalismo (ICESP-DF); Ciências Políticas (Veduca/USP); Consultor em Tecnologia da Informação; Consultor em Marketing Político; Coordenador de Campanhas políticas ou institucionais; ex-Assessor Parlamentar na Câmara Federal; Vice-Presidente da Associação Brasiliense de Blogueiros de Política (ABBP); Projetos Pessoais e Sociais: Criador do projeto www.queromeucarrodevolta.com.br (2012), para vítimas de roubos e furtos de veículos; Editor e Apresentador do telejornal Quero Meu Carro de Volta Apresentador do Panorama Político (Rádio Federal) Envie sua sugestão de pauta: Whatsapp: (61) 99606-2984 E-Mail: karpovls@gmail.com

Você pode gostar...

Comentário