Riacho Fundo II recebe segunda edição do Passeio Ciclístico Down

Print Friendly, PDF & Email

A Administração  Regional apoiou  a segunda edição do Passeio Ciclístico Down, que aconteceu no último sábado (25), o intuito foi chamar  a atenção da cidade para o fim do preconceito com a síndrome de Down. O evento contou com a presença do administrador do Riacho Fundo II, Daniel Figueiredo, da professora Janaína da Secretaria de Educação, do idealizador do projeto Enrique Darvin, sua esposa Stephane Darvin e os filhos Aliah e Noah, que tem síndrome de Down. A administração disponibilizou juntamente com os idealizadores  do projeto e comerciantes, escolas particulares e movimentos ciclísticos da cidade água, sucos, frutas  e a infraestrutura necessária para o evento.

O idealizador do evento e pai de Noah que nasceu com a Síndrome de Down, Henrique Darvin, explicou o motivo de realizar o passeio ciclístico. “Quando soube que meu filho era especial fiquei muito revoltado porque foi um choque, mas depois entendi o significado e junto com a minha família resolvemos estudar sobre o assunto. E como sempre gostei de pedalar resolvi fazer esse passeio como objetivo de despertar o interesse pelo esporte que é um aliado importante para promover o fortalecimento muscular e a socialização, entre outros benefícios, também para mostrar que somos todos iguais e que o normal é ser diferente”, ressaltou.

O administrador Daniel Figueiredo destacou a importância da conscientização em vários aspectos. “Existem pessoas que são  preconceituosas em vários aspectos e quando chegou a proposta de fazermos um evento  em comemoração ao aniversário do Noah e com o objetivo de a conscientizar a população contra a discriminação da Síndrome de Down decidimos apoiar imediatamente. Continuaremos dando toda a força nas próximas edições. A nossa meta é  fazer o melhor para ser um ser um sucesso. E essa participação da comunidade mostra que a intenção é realmente quebrar tabus e barreiras e unir todas as pessoas”, destacou.

A professora de educação especial da Secretaria de Educação, Janaína ressaltou em sua palestra que o nosso país está muito a frente de outros no sentido de acolher crianças especiais. A Rede Pública de Educação tem os melhores profissionais e possuí um processo criterioso para trabalhar com crianças especiais, ” explicou.

Saiba mais

A síndrome de Down (SD) é uma alteração genética produzida pela presença de um cromossomo a mais, o par 21, por isso também conhecida como trissomia 21.A SD foi descrita em 1866 por John Langdon Down. Esta alteração genética afeta o desenvolvimento do indivíduo, determinando algumas características físicas e cognitivas. A maioria das pessoas com SD apresenta a denominada trissomia 21 simples, isto significa que um cromossomo extra está presente em todas as células do organismo, devido a um erro na separação dos cromossomos 21 em uma das células dos pais. Este fenômeno é conhecido como disfunção cromossômica.

Fonte: Ascom RA Riacho Fundo II

0

Kleber Karpov

@KleberKarpov Jornalista (MTB 10379-DF) Perfil Acadêmico e Profissional Graduado em Jornalismo pelas Faculdades Icesp no DF; Consultor em Tecnologia da Informação; Consultor em Marketing Político; Coordenador de Campanhas políticas ou institucionais; ex-Assessor Parlamentar na Câmara Federal; Diretor Administrativo da Associação Brasiliense de Blogueiros de Política; Projetos Pessoais e Sociais: Criador do projeto Quero Meu Carro de Volta (www.queromeucarrodevolta.com.br), lançado em 2012. Serviço de utilidade pública dedicado às vítimas de roubos e furtos de veículos em todo o país; Editor e Apresentador do telejornal Quero Meu Carro de Volta, veiculado pela TV Gênesis, em todo o Brasil, Argentina, México, Espanha e parte dos EUA. Envie sua sugestão de pauta: Whatsapp: (61) 9606-2984 E-Mail: karpovls@gmail.com

Você pode gostar...

Comentário