O Plantonista 22 Mar 17

Print Friendly, PDF & Email

Órgãos de Controle
A SES-DF em publicação de matéria sobre a aceitação do projeto do Instituto Hospital de Base do DF (IHBDF), afirmou que os órgãos de controle aprovaram o modelo apresentado. Política Distrital, tentou confirmar a aceitação junto ao Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT), Tribunal de Contas do DF (TCDF), além de outras instituições a exemplo do Conselho Regional de Medicina do DF (CRM-DF) e ainda com a Ordem dos Advogados do Brasil no DF (OAB-DF). Porém, nenhuma das entidades responderam aos questionamentos.

 


Horas Extras de novembro

Com a proximidade do pagamento, Política Distrital foi acionado por diversos servidores da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) sobre a realização do pagamento das Horas-Extras, em atraso desde de novembro. Política Distrital apurou com a SES-DF e a velha resposta voltou a cena: “A Secretaria de Saúde informa que ainda não há previsão para pagamento, mas trabalha para que seja feito o mais rápido possível.”.

 


Fique esperto

Após aprovação, ‘na surdina’, do Projeto de Lei (PL) 2846/2017, que institui o Instituto Hospital de Base do DF (IBHDF) nas comissões de Educação Saúde e Cultura (CESC), de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF), além da Constituição e Justiça (CCJ) e Comissão de Assuntos Sociais (CAS) pode haver manobras para se tentar votar, em primeiro turno na Câmara Legislativa, a proposta do governador Rodrigo Rollemberg, ainda hoje. Os nobres parlamentares aproveitaram os olhares voltados para a Drácon para darem parecer favorável ao PL e houve até colegas que não tomaram conhecimento da aprovação.


Podemos

Embora muitos não tenham acompanhado, o deputado distrital, Rodrigo Delmassso (PODEMOS), líder do governo, ‘está pondendo tudo’ e já deu uma dica do que pode estar por vir em relação a Saúde do DF. Ao pegar carona no PL do Instituto Hospital de Base do DF, durante a votação do parecer na CCJ, Delmasso defendeu a adoção do modelo para toda a rede pública de saúde do DF, o qual irá “desburocratizar, descentralizar e melhorar a saúde pública”. Cuidado servidores públicos!


Há controversas

Ainda em relação ao PL do Instituto HBDF, para justificar a aprovação do PL do Instituto HBDF, uma nova sigla foi agregada ao modelo. Os parlamentares apontam que o Instituto se trata de Serviços Sociais Autônomos (SSA), o mesmo conferido ao Hospital Sarah Kubitscheck.

Porém, no que tange ao Sarah, a Lei Federal 8.246/91 que a criou o Serviço Social Autônomo Associação das Pioneiras Sociais (Rede Sarah), estabelece tal atribuição. Porém, especialistas apontam que o mesmo pode não acontecer ao IHBDF, uma vez que se especula que o Instituto deve estabelecer uma rede de convênios com uma rede de empresas fornecedoras de serviços e produtos na área de saúde, para atuar na atividade fim.

O ponto controverso é que aos SSA se aplica ao chamado ‘Sistema S’ que constituído pelo SESI, SESC, SENAC, SEBRAE e SENAI. Por outro lado o PL 2846/2017, não faz referência ao caráter de Serviços Sociais Autônomos. O tema pode gerar boas discussões uma vez que IBAMA, INSS, IBGE, INPE, necessariamente, podem não se enquadrar na condição de SSA. Política Distrital acompanha a discussão sobre o tema.

Será que o governo está a vender  ‘gato por lebre’ ao sugerir semelhanças na gestão do HBDF em relação à Rede Sarah e a população do DF corre o risco, dado a falta de discussão, com profundidade, por deputados distritais da base do governo, entregar produto similar, ‘quase um placebo’ à população do DF?

Guerra nas eleições do SindSaúde
A presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde do DF, Marli Rodrigues, candidata à reeleição,  em nota que circula pelas redes sociais, algo que caiu por terra, há alguns anos, de acordo com dados da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF). A peça sugere ainda que o Buriti tenta influenciar Elias Lopes, rival na chapa, “apoiando a chapa de oposição encabeçada por Elias Lopes.”.

Na outra ponta, Elias Lopes aponta uma certa confusão por parte da Sindicalista contra-ataca: “A presidente do SINDSAÚDE estar  perdida ou eufórica, enquanto a CL aprova em 04  comissões a implementação do IHBDF com o aval de seu coordenador de campanha Helvécio Ferreira, ela faz hoje um café da manhã no HBDF pra comemorar o Instituto que estar chegando. MarliBabá, chame a categoria e faça esse café na Câmara Legislativa, em forma de protesto a isto que estão fazendo com o nosso patrimônio que é o HBDF.(SIC)”.


Panorama Político

Demorou, mas… Começa amanhã, 23 de Março, às 18 horas,  finalmente, o programa semanal Panorama Político, na Rádio Federal. Apresentado pela jornalista e blogueiro, Kleber Karpov e a jornalista Ana Comarú, o blog recebe convidados que vivem e sentem na pele os efeitos da política do DF.

E na estreia do programa, nada mais justo que abordar o papel da mulher na sociedade, com duas conhecedoras inquestionáveis das dificuldades e conquistas da mulher na sociedade, a deputada distrital Celina Leão (PPS), e a presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB-DF, Cristina Alves Tubino. Não perda! Toda quinta-feira às 18h, Panorama Político, na Rádio Federal!


Leoa Chateada
A deputada Celina Leão (PPS) está chateada com a postura dos colegas que colocaram, ‘na surdina’, o Projeto de Lei (PL) 2846/2017, do Instituto HBDF para apreciação nas Comissões da CLDF, enquanto boa parte da Casa estava com os olhares voltados para o julgamento da Drácon.

A parlamentar havia declarado voto contrário e pretendia fazer constar em todas as comissões que faz parte. Mas, o rugido da Leoa, ficará voltado apenas para o Plenário. “Vou votar contrário a instituição dessa sandice que certamente vai prejudicar a população do DF.”


Alerta Vermelho!

Parlamentar que não quer ser identificado, sugeriu que as entidades sindicais tomem cuidado. Motivo: “A base do governo pode tentar passar colocar, ainda hoje, o PL do Instituto HBDF, em votação no plenário.”.


Charge: Reprodução da Internet

Nota Permanente de Repúdio

Um estado democrático, a liberdade de pensamento e a segurança jurídica tão esperados pela sociedade, encontram sustentação na autonomia e independência dos Profissionais de Informação que, com fidelidade, relatam os fatos de interesse público. Agora imaginem um universo onde a verdade não pode ser dita, os fatos não podem ser relatados, as irregularidades não podem ser denunciadas e arbitrariedades devem ser omitidas. Imaginaram?


Novas atualizações de pérolas do dia, aqui, a qualquer hora!

Distribuído gratuitamente nos melhores grupos de notícia da cidade do Facebook, Whatsapp, Google +, Twitter, Telegram… 

Atualização 22/3/17 às 15h46

1

Kleber Karpov

@KleberKarpov Jornalista (MTB 10379-DF) Perfil Acadêmico e Profissional Pós-Graduando em Auditoria em Serviços de Saúde (ICESP-DF) Graduado em Jornalismo (ICESP-DF); Ciências Políticas (Veduca/USP); Consultor em Tecnologia da Informação; Consultor em Marketing Político; Coordenador de Campanhas políticas ou institucionais; ex-Assessor Parlamentar na Câmara Federal; Vice-Presidente da Associação Brasiliense de Blogueiros de Política (ABBP); Projetos Pessoais e Sociais: Criador do projeto www.queromeucarrodevolta.com.br (2012), para vítimas de roubos e furtos de veículos; Editor e Apresentador do telejornal Quero Meu Carro de Volta Apresentador do Panorama Político (Rádio Federal) Envie sua sugestão de pauta: Whatsapp: (61) 99606-2984 E-Mail: karpovls@gmail.com

Você pode gostar...

Comentário

1 Resultado

  1. 22 de junho de 2017

    […] Distrital (PD), por algumas vezes alertou para o recado do distrital, Rodrigo Delmasso (PODEMOS) sobre a possibilidade de expansão do Instituto a to…. Alertado por uma fonte, analisou e constatou Rollemberg conseguiu garantir que o Instituto seja […]