Sindicatos e especialistas em Saúde discutem reformulação da Atenção Primária

Print Friendly, PDF & Email

Para representantes de entidades, o debate sobre as mudanças na Atenção Primária precisa ser amplo

O presidente do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal (SindMédico-DF), Gutemberg Fialho, convidou representantes de sindicatos de saúde e sociedades de especialidades médicas para discutir a reformulação da Atenção Primária, ação anunciada pelo Governo do Distrito Federal (GDF) na semana passada.

Participaram da reunião, que ocorreu na sede do SindMédico-DF nesta quarta-feira (22), representantes da Sociedade de Pediatria do Distrito Federal; da Associação Brasiliense de Medicina de Família e Comunidade e do Sindicato dos Enfermeiros do Distrito Federal (SindEnfermeiro-DF).

“O governo impôs a reformulação sem qualquer diálogo com os profissionais e com a população. Não é possível falar em fortalecimento da Atenção Primária sem envolver todos os atores dessa história. Não podemos simplesmente aceitar esse modelo sem a clareza, para todos, do que ele representa. É importante que todos participem desse debate”, afirmou o presidente do SindMédico-DF, Gutemberg Fialho.

Histórico

No dia 15 deste mês, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) publicou as Portarias 77 e 78 reformulando a Atenção Primária. Porém, as mudanças não foram amplamente discutidas com a sociedade e com os profissionais de saúde, tanto é que estão sendo questionadas na Câmara Legislativa, por meio do decreto 246, assinado pelos deputados Celina Leão, Raimundo Ribeiro e Wellington Luiz.

Fonte: SindMédico-DF

0