SindSaúde-DF: CUT registra chapa contra entreguistas da Força Sindical

Print Friendly, PDF & Email

Na defesa dos direitos trabalhistas e contra o entreguismo, vários representantes de diversas categorias profissionais estiveram no SindSaúde na tarde desta quarta (15), acompanhando o registro da Chapa CUTista que concorrerá à direção da entidade.

Mais que uma campanha, os professores, vigilantes, bancários, rodoviários, servidores da Saúde, comerciários e tantos outros que acompanharam os integrantes da chapa no ato da inscrição, representavam a resistência da classe trabalhadora contra o retrocesso e o peleguismo representado pela Força Sindical.

Filiada à Força, a atual diretoria do SindSaúde tem Paulinho da Força como seu principal representante no Congresso Nacional. O deputado federal do Solidariedade, e também fundador da central que leva no nome, não tem perdido uma só oportunidade de trair os trabalhadores, aprovando as propostas, medidas e projetos que instituem o retrocesso e o roubo de direitos.

Relembremos que Paulinho votou favorável ao PL 4330 (atual PLC 30 no Senado), apoiando o projeto da subcontratação ilimitada, que desmonta o serviço público, rasga a CLT, põe fim aos concursos e precariza as relações de trabalho. Outro voto dado pelo presidente da Força Sindical foi em favor da PEC 241 (no Senado, PEC 55), que corta dinheiro da Saúde, da Educação e de outros investimentos sociais por 20 anos, congelando os salários e suspendendo investimentos nessas áreas essenciais. Trocando em miúdos, ele bate continência a todos os mandos e desmandos do governo ilegítimo de Michel Temer, doa a quem doer, pene quem penar.

Enfim, a atual direção do SindSaúde, atrelada à Força Sindical, anda na contramão das conquistas trabalhistas, previdenciárias e sociais, enfraquecendo o próprio movimento dos servidores da Saúde, que acaba caindo no descrédito, no isolamento e perdendo importantes oportunidades de avançar.

Por isso, a Central Única dos Trabalhadores – CUT Brasília – apoia uma nova proposta, aliada a um conjunto de entidades de classe que luta em consonância e de forma incansável para que nenhum trabalhador seja prejudicado, perca direitos ou sofra opressão.

Composição da Chapa

De forma democrática, os servidores da Saúde no DF organizaram-se em seus postos de trabalho e compuseram uma chapa representativa que apresenta Elias Lopes para o cargo de diretor presidente.

Para o próprio Elias, o importante é trazer a categoria de volta a unidade. “Lutar sozinho, de forma isolada, faz com que a luta se enfraqueça e não ofereça nenhum tipo de resistência. Trazer o SindSaúde de volta ao coletivo dos trabalhadores, junto com a CUT e seus diversos sindicatos, fortalece a categoria, intimida os patrões e o GDF, e garante novas conquistas ”, defende.

As eleições do SindSaúde acontecem nos dias 28, 29 e 30 de março.

Fonte: CUT Brasília

0

Kleber Karpov

@KleberKarpov Jornalista (MTB 10379-DF) Perfil Acadêmico e Profissional Pós-Graduando em Auditoria em Serviços de Saúde (ICESP-DF) Graduado em Jornalismo (ICESP-DF); Ciências Políticas (Veduca/USP); Consultor em Tecnologia da Informação; Consultor em Marketing Político; Coordenador de Campanhas políticas ou institucionais; ex-Assessor Parlamentar na Câmara Federal; Vice-Presidente da Associação Brasiliense de Blogueiros de Política (ABBP); Projetos Pessoais e Sociais: Criador do projeto www.queromeucarrodevolta.com.br (2012), para vítimas de roubos e furtos de veículos; Editor e Apresentador do telejornal Quero Meu Carro de Volta Apresentador do Panorama Político (Rádio Federal) Envie sua sugestão de pauta: Whatsapp: (61) 99606-2984 E-Mail: karpovls@gmail.com

Você pode gostar...

Comentário

1 Resultado

  1. 18 de março de 2017

    […] contexto, impedido de concorrer e, após constatar a fraude, o candidato da chapa, Elias Lopes voltou a aciona… pelo que chamou de “desfalque fraudulento”, na composição da chapa de oposição à atual […]