Pronto Socorro odontológico será desativado, no período noturno, no Hospital do Gama

Print Friendly, PDF & Email

Profissionais criticam desativação quando poderiam divulgar serviço na unidade de saúde

Por Kleber Karpov

Um servidor da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) denunciou ao Política Distrital (8/Fev) a desativação do pronto socorro odontológico, no período noturno, no Hospital Regional do Gama (HRG). De acordo com o profissional, que pede sigilo da identidade, o motivo é a subutilização do serviço na unidade.

De acordo com o servidor, a direção do HRG definiu que o serviço deverá ser desativado a partir de março. Com isso, pacientes que tiverem emergência de atendimento será obrigado a se deslocar até o Hospital de Base do DF (HBDF) para receber tratamento. “Quem tiver dor de dente  a noite,  terá que deslocar mais de 30 km no Hospital de Base!”, afirmou.

Divulgação

O trabalhador criticou ainda a postura da SES-DF que podeira divulgar a existência do serviço em vez de o desativar. “A alegação é que tem poucos pacientea depois das 23h, mas acho que o caminho é divulgar o serviço nuturno e não fechar o atendimento e deixar a população descoberto deste serviço!”, disse.

Para situar a importância do serviço, o profissional de odontologia, mencionou um caso recente de atendimento. “O últímo plantão que fiz chegou uma senhora as 2h da manhã, desesperada, com dor dente. Prontamente a paciente foi atendida e passou por procedimento emergêncial. A senhora foi embora super agradecida e aliviada! Imagine se não tivesse o plantão noturno odontológico? O sofrimento desta senhora para esperar até o outro dia!! (SIC).”.

O outra parte

Ao ser questionada sobre o assunto, a SES-DF, por meio da Assessoria de Comunicação, confirmou a desativação do atendimento odontológico noturno no HRG. De acordo com a Pasta, com a “baixíssima demanda pelo serviço no período da noite, a direção do Hospital Regional do Gama optou pelo remanejamento dos profissionais de odontologia que atuavam neste período para atuarem durante o dia, em que a procura é maior.”.

0