GDF entra 2017 com salários pagos, mas as Horas Extras, a insalubridade…

13
Print Friendly, PDF & Email

Horas Extras de agosto, insalubridade e resíduos do décimo terceiro salário estão entre as queixas de valores não pagos na Saúde

Por Kleber Karpov

Embora não admita e, apenas três dias para terminar o ano, governo pode terminar o ano com alguns ‘microcalotes’. O pagamento das Horas Extras (HEs) dos servidores da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), em atraso desde agosto, pode não ser efetuado neste ano.

Além das HEs, alguns servidores da SES-DF, constantemente acionam Política Distrital para cobrar outros pagamentos. Entre esses, os resíduos do décimo terceiro salário e ainda o Adicional de Insalubridade, esse último, que a Secretaria afirma não haver dívidas com os trabalhadores, embora muitos contestem a versão da Pasta.

Ao menos esse foi o parecer de um servidor do Hospital Regional de Planaltina (HRPl), que pede para não ser identificado. O trabalhador criticou a omissão da Secretaria de Saúde, com processo em atraso desde junho desse ano, por não priorizar a identificação de áreas insalubres, o que deixou os servidores nomeados em 2016, sem o benefício.

“Até o momento não recebi em nenhum mês meu adicional de insalubridade assim como todos os colegas de diferentes categorias lotadas no ano de 2016 e 2015! Ao ligar para saber notícias do processo recebo sempre a informação que tem que aguardar um médico visitar o local de trabalho para certificar se é insalubre, e como o HRPL é muito longe e a secretaria não disponibiliza carro a visita do médico do trabalho não foi realizada ainda deixando os pedidos sempre no final da fila! O grande problema disso que com a virada do ano o retroativo que temos que receber entra em exercício findo! Ou seja jamais receberemos isso! Uma vergonha a secretaria afirmar que não tem insalubridade em atraso”, criticou.

Horas Extras

Em relação as HEs, em novo questionamento de PD, o parecer da SES-DF não foi muito diferente do posicionamento da última semana. A culpa no entanto passou a ser o “trâmite” do processo na Secretaria de Estado de Fazenda do DF (SEFAZ).

“O pedido de pagamento das horas extras de agosto já chegou à Secretaria de Fazenda e o processo administrativo para liberação da verba está em curso. Ainda não há uma previsão para o término do trâmite.”

0

Comentário