Sem reagentes, Laboratório Central deixa de fazer exames de hepatites e HIV das unidades de Saúde

131
Print Friendly, PDF & Email

Após espera de mais de 20 dias, pacientes ficam sem resultados e têm que passar por nova coleta de sangue

Por Kleber Karpov

Na terça-feira (25/Out), Politica Distrital recebeu a denúncia que o Laboratório Central (LACEN), da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) parou de concluir a realização de exames para detecção de doenças, a exemplo de Hepatites e vírus da imunodeficiência humana (HIV/AIDS)

De acordo com um denunciante, que não quer ser identificado, as coletas de sangue para diagnóstico de hepatites B e C e HIV estão virando lixo. Isso por faltar reagentes, no LACEN, para a realização desses exames.

“Geralmente o paciente faz a coleta nos Centros de Saúde, que são encaminhadas ao LACEN e, após 10 dias, ele vai pegar os resultados e descobrem que terão que coletar sangue novamente porque não tem resultado. Eles ficam indignados ao perceberem que foram furados atoa.”, afirmou ao observar que o problema ocorre há mais de 20 dias.

unnamed-recuperado
Pacientes aguardam por mais de 20 dias, mas ficam sem resultados de exames

O que diz a Secretaria de Saúde?

Publicidade

Política Distrital tentou contato com a SES-DF para questionar a denúncia. Por meio da assessoria de comunicação a Secretaria informou que está em processo de compra, emergencial, de reagentes.

“Atualmente exames de sorologia estão suspensos no Laboratório Central (Lacen), mas a rede pública ainda dispões de testes rápidos para diagnósticos de HIV e Hepatites. A confirmação dos resultados dos testes rápidos, por meio de  exames laboratoriais de carga viral continua sendo feita no Lacen, que ainda dispõe de material para este tipo de análise.”

Ainda de acordo com a SES-DF, “Na próxima semana a rede será abastecida com reagentes para realização de hemogramas, em quantidade suficiente para garantir atendimento por três meses.”.

0

Comentário