PF faz operação contra quadrilha acusada de desviar R$ 110 milhões do SUS no Amazonas

Print Friendly, PDF & Email

Estão sendo cumpridos 13 mandados de prisão preventiva, quatro mandados de prisões temporárias, três mandados de condução coercitiva, 40 mandados de busca e apreensão, 24 de bloqueios de bens e mais 30 de sequestros de bens.

As medidas estão sendo realizadas em residências e empresas nos municípios amazonenses de Manaus, Itacoatiara e Tabatinga, além das capitais Belo Horizonte, Brasília, Goiânia e São Paulo.

Os repasses eram feitos à Organização Social Instituto Novos Caminhos. As empresas investigadas são comandadas direta ou indiretamente pelo médico e empresário Mouhamad Moustafa. Ele é sócio-administrador da Salvare Serviços Médicos Ltda e da Sociedade Integrada Médica do Amazonas Ltda (Simea). A operação foi batizada de Maus Caminhos.

Fonte: CBN

0

Você pode gostar...

Comentário