Atraso em pagamento de horas extras da Saúde revolta servidores

Print Friendly, PDF & Email

Servidores reclamam falta de prioridades do governo

Por Kleber Karpov

Com o pagamento das Horas Extras (HEs), desde maio, os servidores da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF) estão ‘a flor da pele’. Embora as entidades sindicais tenham se manifestado no sentido de alertar que os servidores não aderissem ao banco de HEs, muitos recorrem a este meio como forma de complementar a renda. Mas com os constantes atrasos, os profissionais de saúde do DF pensam em repensar a adesão e reclamam por não poderem fazer compromissos.

Esse foi o caso de uma servidora da SES-DF, que pediu para não ser identificada. A trabalhadora encaminhou um desabafo ao Política Distrital, por mensagem instantânea, em que aponta o descaso do governo em relação aos profissionais que se propõem a se desdobrarem para garantir atendimento aos usuários da saúde pública do DF.

“Sou servidora da Secretaria de Saúde… Todo mês o recebimento das horas extras é uma novela, vc já sabe né?! E nesse mês de setembro não podia ser diferente, caso contrário não seria o governo do Rollemberg… Ele vive pra enganar o servidor, não quer pagar as HE, mas também não corta porque sabe que se cortar a rede para, pois o déficit de servidores é muito grande e as escalas não fecham sem HEs… Estamos desanimados, decepcionados e cansados com tanto descaso com os servidores da saúde… Trabalhamos, damos um duro danado pra atender os pacientes sem material, sem condições de trabalho e o que recebemos em troca é o descaso do governo… Enfim, desculpa o desabafo, vocês do Política Distrital poderiam descobrir que dia o Governo vai pagar nossas HE realizadas no mês de maio??? Era para terem sido pagas no último dia 15, segundo o próprio governo, e nada até agora… Precisamos de um posicionamento, pois já são muitos meses de atraso… (SIC)”.

Essa é uma de várias mensagens recebidas pelo Blog em relação às HEs dos servidores da Saúde. Vale observar que em abril, o secretário de Saúde, Humberto Fonseca, chegou a afirmar em entrevista ao telejornal, DFTV, deveria regularizar os pagamentos. Mas, após quatro meses o problema persiste e de acordo com a Secretaria, ainda não á previsão de regularização.

Ao menos esse foi o parecer da SES-DF, por meio da Assessoria de Comunicação (ASCOM), em relação às HEs de maio.

“A Secretaria de Saúde informa que ainda não há previsão para o pagamento das horas extras de maio. A pasta ressalta que não mede esforços para quitar esses valores o mais breve possível.”.

 

 

0

Kleber Karpov

@KleberKarpov Jornalista (MTB 10379-DF) Perfil Acadêmico e Profissional Pós-Graduando em Auditoria em Serviços de Saúde (ICESP-DF) Graduado em Jornalismo (ICESP-DF); Ciências Políticas (Veduca/USP); Consultor em Tecnologia da Informação; Consultor em Marketing Político; Coordenador de Campanhas políticas ou institucionais; ex-Assessor Parlamentar na Câmara Federal; Vice-Presidente da Associação Brasiliense de Blogueiros de Política (ABBP); Projetos Pessoais e Sociais: Criador do projeto www.queromeucarrodevolta.com.br (2012), para vítimas de roubos e furtos de veículos; Editor e Apresentador do telejornal Quero Meu Carro de Volta Apresentador do Panorama Político (Rádio Federal) Envie sua sugestão de pauta: Whatsapp: (61) 99606-2984 E-Mail: karpovls@gmail.com

Você pode gostar...

Comentário