Sindicato e pediatras buscam soluções para o HMIB

Print Friendly, PDF & Email

O Caos no Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB) tem sido motivo até de agressões aos médicos e demais profissionais lotados naquela unidade de saúde, que sofre com déficit de pessoal e aumento constante de demanda.

Para discutir soluções para a assistência pediátrica naquele hospital, na segunda-feira (22), às 19h30, o Sindicato dos Médicos do Distrito Federal (SindMédico-DF) vai promover reunião dos pediatras daquele hospital com representantes da Secretaria de Saúde, do Ministério Público, da Defensoria Pública, da seccional brasiliense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF), da CPI da Saúde e do Comitê Executivo de Saúde do DF. O encontro será transmitido, em tempo real, pelo Facebook.

O presidente do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal (SindMédico-DF), Gutemberg Fialho, e o vice, Carlos Fernando, estiveram no hospital na semana passada e, além de observar a superlotação na unidade de saúde, ouviram dos médicos uma série de reclamações que vão desde a falta de condições adequadas para assistência até a falta de segurança.

“Pais que não conseguem atendimento em outro lugar já chegam ao HMIB no mínimo revoltados e descontam nos médicos e nos demais servidores”, relata Gutemberg. Toda semana estão sendo registradas ocorrências policiais em decorrência desses surtos e violência. “A situação só piora no HMIB. O fechamento da pediatria do Hospital Regional do Gama joga ainda mais lenha na fogueira”, observa Carlos Fernando.

A reunião da próxima segunda-feira tem o objetivo de reunir todas as partes envolvidas, para a busca de medidas que possam equacionar os problemas. A transmissão visa dar transparência ao assunto.

Fonte: SindMédico-DF

0

Você pode gostar...

Comentário