Parede pré-moldada desaba na UPA Ceilândia

2
Print Friendly, PDF & Email

Redemoinho de vento foi a causa do desabamento de acordo com Secretaria de Saúde do DF

Por Kleber Karpov
e59ed8a9-64fc-4cda-a1bd-fa268776c539
Paredes pré-moldadas desabam na UPA Ceilândia – Foto: Arquivo Pessoal

Um servidor da Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), que pede para não ser identificado, acionou Política Distrital para informar o desabamento de parte da parede pré-moldada da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Ceilândia (13/Ago). De acordo com a SES-DF, as paredes não resistiram o fluxo de ar, dentro da unidade, em decorrência de um redemoinho.

O blog entrou em contato com a Secretaria que, por meio da assessoria de comunicação, esclareceu que ninguém ficou ferido e que interditou a área atingida.

“A Secretaria de Saúde informa que, na tarde deste sábado (13), uma parede pré-moldada lateral da Unidade de Pronto Atendimento de Ceilândia foi danificada, desabando parcialmente por causa de um grande fluxo de ar, após um redemoinho adentrar a unidade de saúde.

Ainda durante a tarde, a Defesa Civil fez inspeção, avaliou a estrutura e interditou apenas o local atingido para que a secretaria possa realizar os reparos, que já estão sendo providenciados pela diretoria administrativa da Região Oeste de Saúde, que engloba Ceilândia e Brazlândia. Essa parede afetada é voltada para o final da Avenida Hélio Prates e é onde fica a sala de medicação. No momento do incidente não havia pessoas nesta sala.

O atendimento da UPA permanece normal, a sala de medicação foi transferida de setor e não há qualquer tipo de prejuízo à população.”

Paredes pré-moldadas desabam na UPA Ceilândia - Foto: Arquivo Pessoal
Paredes pré-moldadas desabam na UPA Ceilândia – Foto: Arquivo Pessoal
0

Comentário