Sindate-DF e UGT-DF cobram nomeações do Ministério do Planejamento para concursados do HUB

Print Friendly, PDF & Email
Por Evely Leão

Cansados de tanta demora nas nomeações, os concursados do Hospital Universitário de Brasília (HUB) organizaram ato em frente ao bloco K, onde fica localizado o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (Mpog), na manhã desta segunda-feira (08). Os concursados procuraram o representante dos trabalhadores, Jorge Vianna que é vice-presidente do Sindate e da União Geral dos Trabalhadores (UGT-DF) para cobrarem junto ao Ministério do Planejamento, órgão que autoriza a nomeação dos concursados, o porquê dessa demora.

Trabalhadores ouvidos
Após pressão dos concursados embaixo do prédio do planejamento, o vice-presidente do Sindate-DF e da UGT-DF Jorge Viana, foi recebido pelo chefe de gabinete do ministro, senhor Cleiton Araújo. Segundo Viana, o chefe de gabinete não sabia o que estava acontecendo e chamou uma pessoa responsável para poder entender do que se tratava a manifestação.

“Nós viemos aqui querendo pedir informações e saber o porquê da Ebserh está demorando e não estar dando informações para gente. Aqueles cargos vagos de pessoas que não assumiram e não ficaram, tudo isso eu questionei. Então ele se comprometeu em marcar uma reunião com a diretoria específica”, relata Viana.

O Sindate-DF se comprometeu em cobrar do Chefe de Gabinete a reunião que ele prometeu agendar com o Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (DEST), pois assim iremos ter mais clareza nas respostas que procuramos.

Concursados
O ato começou por volta das 9h da manhã, os profissionais concursados caminharam com suas faixas e apitos pelo eixo monumental, saindo do bloco C e indo em direção ao bloco k, todos com esperança no movimento e torcendo para que sejam logo nomeados. Até quem não é concursado acredita na luta do movimento. É o caso do Juraci Bezerra da Silva, que estava no movimento representando a esposa técnica em enfermagem que estava de plantão.

“É um direito dela. Ela teve todo trabalho de estudar, passar e então eu não acho justo ela estar trabalhando e não vir aqui se auto representar. Então eu na posição de esposo achei importante vir representa-la aqui nesse momento”, declara Juraci. Segundo a concursada Lia Cordeiro, a representante da Ebserh havia dito, em outra ocasião, que iria chamar todo o cadastro de técnicos porque tinha necessidade e os concursados ficaram felizes, mas a última chamada feita foi ano passado.

Cobrança do Sindate
Ainda no início de junho deste ano, o Sindate se reuniu com o Coordenador de Desenvolvimento de Pessoas da Ebserh, Ilson Iglesias Gomes para cobrar justamente essas demoras. Leia aqui. São técnicos em enfermagem, administrativos, em radiologia, fisioterapeutas, assistentes sociais entre outros que ainda estão aguardando nomeação. O concurso público 01/2013 – ebserh/ hub – unb – teve prorrogação da validade por mais dois anos, o edital de prorrogação foi publicado no dia 12 de janeiro de 2016 do Diário Oficial da União.

Fonte: Sindate-DF

0