Publicitário convida vigia de carro para tomar café, mas padaria da 108 Sul barra a entrada

42
Print Friendly, PDF & Email

Eduardo Luiz Duarte, 49 anos, fez um relato no Facebook sobre o caso. Após a repercussão negativa, a Panificadora Vitória pediu desculpas pelo episódio, ocorrido na manhã de quarta (2/3)

Correria, falta de tempo, pressa… Essas palavras se tornaram as principais desculpas usadas pela população para não oferecer ajuda às pessoas que recorrentemente pedem algum suporte. Na manhã desta quarta-feira (2/3), o publicitário Eduardo Luiz Duarte, 49 anos, foi na contramão da indiferença cotidiana e convidou um jovem que vigiava carros e vendia CDs na 108 Sul para tomar um pingado e comer um biscoito de queijo na Panificadora Vitória. Para a surpresa de Duarte, o rapaz respondeu que não poderia entrar no comércio. Funcionários do estabelecimento informaram que eram “normas da casa”.

Ninguém ficou indignado com a situação. Nem mesmo os clientes que estavam na padaria! A humanidade precisa urgentemente de um recall. A cada dia que passa, ficamos mais distantes de ser ‘humanos’

desabafou o publicitário em seu perfil no Facebook

Duarte ainda tentou entrar em contato com a polícia, mas a burocracia para fazer a denúncia foi tão grande que ele desistiu. O publicitário fez um relato no Facebook que comoveu os internautas. Amigos dele logo republicaram a história na página da padaria na rede social.

Den--ncia-Panifiacdora-Vitoria

Duarte ainda tentou entrar em contato com a polícia, mas a burocracia para fazer a denúncia foi tão grande que ele desistiu. O publicitário fez um relato no Facebook que comoveu os internautas. Amigos dele logo republicaram a história na página da padaria na rede social.

Nesta tarde, Duarte divulgou a resposta da panificadora. No texto, o estabelecimento diz ser contra toda e qualquer forma de preconceito: “Às vezes, prezando pela segurança e o ‘conforto’ dos nossos clientes buscamos evitar algumas situações e constrangimentos, mas estamos sujeitos a erros”.

Publicidade

resposta-Panificadora-Vitoria

 

A reportagem do Metrópoles entrou em contato com panificadora. Os responsáveis pelo estabelecimento afirmaram que a empresa já havia se posicionado por meio das redes sociais.

 

Fonte: Metrópoles